quinta-feira, 30 de abril de 2009

O que fiz com minha geladeira



Olá!


Bem, como todos sabem (pelo menos todos os que acompanham meu blog), em fevereiro mudei para uma casa alugada. Meu pai comprou uma geladeira usada para mim e me deu de presente.


A geladeira era de um bar que foi desmontado, por isso tinha um adesivão de uma lata de refrigerante na porta.


Comprei trocentos produtos indicados por trocentas pessoas, a fim de tentar tirar o bendito do adesivo da porta da geladeira. Nada funcionou como se esperava.


Então, num dia de muita inspiração, peguei um pano com álcool, um canivete e fui tirando pedacinho por pedacinho, para não riscar.


Depois de feito o serviço (que durou mais ou menos uma hora), coloquei um papel contact craquelado transparente com verde musgo na porta, e meu pai, que é marceneiro, quando viu disse que parecia uma geladeira nova - tomei como elogio, porque dele geralmente vem bomba.


Então estão aí as fotos. Uma de quando mudei, com a geladeira e o adesivão e outra deste mês, como ela está atualmente com o papel contact.


Uma trabalheira, mas valeu a pena.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Sonho

Sonhei esta noite
Com a volta do meu Senhor.
Sonhei que Ele veio e destruiu
Todos os meus inimigos.

Duas meninas foram marcadas,
Duas que eu conhecia
Com a marca da besta
Na testa e nas mãos.

Tentei falar-lhes,
Não consegui,
Uma delas se arrependeu,
A outra ficou.

Foi a aliança que nos salvou,
O Arco de Deus apareceu
E num prisma se espalhou.
A todos os meus inimigos venceu,
E a minha vidaPara junto de Si levou.

(By Lioness, outubro de 2000)

Dúvida cruel


20/10/99
Como poderei pedir como o sábio, para que me julgues conforme a integridade que há em mim, se em mim não há bem algum?

terça-feira, 28 de abril de 2009

Mulheres, sexo forte


Incrível, um filme em que os homens não aparecem (literalmente), e é um show.

Até me inspirei e fiz um quadro/mural intitulado "What do I want?" na minha parede, com recortes, que ficou excepcional.


Não deixem de ver esse resumo do universo feminino.


Sinopse

Aparentemente Mary Haines (Meg Ryan) leva uma vida perfeita: possui uma linda casa em Connecticut, uma filha de 12 anos, um marido bem-sucedido em Wall Street e uma carreira como designer na loja de roupas de seu pai. Para dar conta também de seus afazeres de casa ela conta com a ajuda da governanta Maggie (Cloris Leachman) e da babá Uta (Tilly Scott Pederson). Sua melhor amiga é Sylvia Fowler (Annette Bening), uma especialista em moda que está no auge da carreira e feliz por estar sozinha. Edie Cohen (Debra Messing), uma grande mãe coruja de seus filhos e também das amigas, e Alex Fisher (Jada Pinkett Smith), uma bem-humorada lésbica que tem o dom de falar o que ninguém espera ouvir, também pertencem ao círculo de amizades de Mary e Sylvia. Juntas elas enfrentam as felicidades e problemas da vida.

Obrigada

Muito obrigada, por ter me confortado
Em tantas noites, quando chorei,
Teu amor foi tão sincero,
Por isso hoje espero.
Sei que um dia
Face a face vou te ver.

(By Lioness, outubro de 2000)

Ouvir tua voz


17/10/99
Nada mudou. A L. continua lá, ressentida, eu continuo aqui, confusa. Não sei o que fazer, com ninguém, em nenhuma situação. Sou tão inútil...
Voltamos ao mesmo ponto. Desse jeito ambos cansaremos, Pai! O Senhor de maneira a não dar mais ouvidos às minhas petições, e eu no sentido de não mais ter como falar contigo pois não devo mentir.
Reconheço, Deus glorioso, que o fato de eu não ter passado da ALEM para adiante foi Teu golpe de misericórdia a fim de que eu não fosse mais uma a se arrebentar no campo missionário sem um pré-tratamento.
Mas a situação com a A. me incomoda, assim como os papos com o V., minhas aulas, o discipulado e a família da T., a faculdade, as escolhas, a missão...
Tenho me PRÉocupado demais; fico ansiosa, confusa, perdida.
Fora todo o peso de responsabilidade de andar como Tu andaste, de viver na luz 24 horas por dia, de ser sal, de fazer a diferença.
Que é isso, Deus?
Ser escrava do pecado não me dava vida, nem esperança. Ser Tua escrava me dá isso e tudo o mais. A vida completa, penso eu, acaba preenchendo o vazio por todos os lados, em atividades, tropeços, lutas, perseguições, escolhas, resultados, vitórias, etc.
Ouvir Tua voz... é o desejo da minh’alma. A voz que acalma as tempestades, que chama ao arrependimento, que cura os enfermos, que alivia os cansados, que dirige os perdidos, que aconselha os sábios, a voz que não mente, que não dói, não fere. A voz que é espada de dois gumes, que desnuda, traz à tona, à luz, a voz que julga, que ama, que dá paz.
Tua voz, oh, Deus, é por ela que busca a minha vida. Nela todos os questionamentos são nulos. Por ela vive a minh’alma. Por ela espera o meu coração.
Atende, oh, Senhor, este pedido. Deixa-me ouvir-Te. Sei que por uma só palavra Tua serei salva do medo, da angústia, da confusão.
Se proferires uma única palavra, e por Tuas misericórdias abrires os meus ouvidos espirituais, coberta pelo Teu sangue, Jesus, ouvirei a Ti, e a ninguém mais, e serei liberta das cadeias, sim, as circunstâncias não mais me prenderão. Sou Tua, somente Tua, fala, oh, Espírito de Deus. Sopra sobre a minha vida, não me deixes faltar em Te glorificar; cala, oh voz da minh’alma, ouça quem te criou. Ouça a voz do Rei da glória, o Senhor forte e Poderoso para te guiar.
Espíritos de escuridão, maldade e engano, todos os demônios, calem-se, na autoridade do nome de Jesus, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, que veio em carne e venceu a morte. Calem-se todos, em nome de Jesus, e se curvem à presença dAquele que que tem um nome que está acima de todo nome!
Os céus dos céus não podem Te conter.
Infindáveis são os Teus pensamentos.
És Deus, e não há outro. O silêncio proclama Tua santidade, no isolamento mostras que Tu és Deus.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Sensibilidade

Antes eu te olhava com meus olhos
E via
Apenas um, entre tantos
Tão iguais.

Insensibilidade, pesar,
Tristeza, distância,
E um vazio.

Até que entreguei
Meus olhos a Deus
E pedi-Lhe
Os Seus.

E, em meio às Suas respostas
Ele me falou de você
Então, como que pela primeira vez,
Te olhei, e vi como Deus te vê.

E você, antes tão distante,
Pareceu-me próximo, perto,
Acessível, disponível,
Tão sensível,
E vi, então,
Que Deus responde
Quando O buscamos de coração
E que você, tão querido,
Tão amigo,
Está acima de toda comparação.

(By Lioness, para R. – jul/00)

Perguntas...


16/10/99
Ah, meu Pai, quando paro prá pensar em todas as perguntas que meu coração anda fazendo, em todos os problemas que, penso eu, tenho de resolver e, de todos os caminhos, qual escolher, me vejo sem saída, sem sabedoria, sem capacidade, sem ter como fazer.
Primeiro é a escola, as crianças, como amá-las e ensiná-las de maneira eficaz?
Depois tem a L., como encontrar amigos verdadeiros prá ela, ser irmã presente sem descuidar dos outros e da missão, quando ela será curada?
Também tem o pai, que vez ou outra me xinga e me põe sem saída, acusando-me de irresponsável.
E a igreja? Tem a célula, que está tão sem vida, sem razão de ser, e eu sem vontade de vivê-la.
A T., puxa, tá indo de vento em popa, mas tem sua família que é uma luta só.
E a minha vida emocional – se é que isso pode se chamar de vida – totalmente desestruturada, inconsequente e machucada, o que influencia (e muito) em todas as decisões da minha vida.
Não sei mais nem quando estou vivendo uma ilusão ou a coisa é real mesmo. Às vezes quero não acreditar para não mais sair machucada (mais ainda), principalmente com relação ao V., que me ligou duas vezes hoje e só nos falamos na segunda vez.
Ele contou que seu último relacionamento foi à distância, pela internet e por telefone. Disse que sou bonita e que ele prefere as ruivas no relacionamento. Ficou interessado no meu passado, mas me senti estranha e desconfortável.
Eu tenho medo, meu Deus, e reconheço que tenho uma atitude completamente egocêntrica, egoísta ao achar que tudo o que acontece de errado à minha volta é culpa minha, e de que eu tenho sempre que fazer algo em relação a tudo.
O Pr. W. acertou em cheio quando me disse hoje que sem mim a vida continua, e os problemas se resolvem.
Principalmente em relação à L., não sei se tenho que fazer algo, por isso coloco esta situação em Tuas mãos, que são santas, justas e compassivas.
Só Tu sabes o que fazer (ou não fazer), e como.
Meus problemas de saúde, não creio que sejam obra do acaso (como tudo o mais não é). Só Tu o sabes...
Meus caminhos são tão limitados, meus passos inseguros, minha voz tão falha. Vacilo a cada curva que a estrada faz, sinto medo, sou tão incapaz. Me vejo a vagar sem respostas, buscando Tua face, desejando Te conhecer...
Penso que minha realização se resume nisso: Te conhecer e Te amar.
Pena que exista a dor, o ressentimento, a mágoa, as lágrimas e o pesar. Tudo vem para abafar, apagar a chama do amor frente aos nossos olhos.
E o que nos faz ficar em pé é o amor que não morre jamais, Tu mesmo, YHWH, meu Senhor, o Deus Eterno, Deus de Abraham, Isaac e Israel, o Pai das luzes em quem há salvação, que enviou Seu Filho para dar sentido à Sua personalidade de amor.
Como andar como Ele andou?
Como andar na luz?
Como ser a irmã que a L. precisa que eu seja, ser a professora que aquelas crianças precisam? Como ser a filha que meus pais desejam? Como viver acima da mediocridade e da hipocrisia? Como servir às autoridades da mesma maneira que a Cristo? Como não me deixar iludir pela conversa do V.? Como deixar de ter medo de viver, de amar, de sonhar? Como descobrir Tua soberana vontade para as escolhas da minha vida? Me diz, por favor, me diz...

domingo, 26 de abril de 2009

Renovo

Hoje acordei diferente
Vontade de mudar,
Levantar a cabeça
Ouvir menos o coração, mais a mente.

Dia novo, novas atividades
Quero parar de fazer comparação
Despertar-me para a realidade
E entregar-me completamente em Tuas mãos.

Perdoa-me, Pai, a inconstância
Mal a que me submeti;
De Tua Palavra quero ter observância
E não mais me separar de Ti.

Louvado seja o Teu nome santo
Bendito sejas Tu, Jesus;
A Ti seja minha, meu canto,
E proclamar, quero, ao mundo Tua luz.

(By Lioness, junho 2000)

Pensamento


10/10/99

Para aqueles que trabalham para Deus, basta o privilégio de um dia O haver conhecido.

sábado, 25 de abril de 2009

Muito barulho por nada


“Sigh no more, ladies
Sigh no more.
Men were deceivers ever,
One foot in sea
And one on shore,
To one thing constant never,
Then sigh not so
But let them go
And be you blithe and bonny,
Converting all your sounds of woe
Into hey nonny, nonny![1]

Não suspirem mais, damas,
Não suspirem mais,
Os homens sempre foram impostores,
Um pé no mar
E outro na praia
Nunca constantes em nada.
Então não suspirem mais
Deixem-nos partir
E sintam-se felizes e bonitas
Transformando todos os seus lamentos
Em um grito de alegria, alegria!

Não cantem mais cantigas
Não cantem mais
Sobre coisas mesquinhas e vis
A traição dos homens
Sempre existiu
Desde que as primeiras folhas
Apareceram.
Então não suspirem mais
Deixem-nos partir
E sintam-se felizes e bonitas
Transformando todos os seus lamentos
Em um grito de alegria, alegria!(...)

Aquele que tem barba
É mais que um rapaz
E o que não tem
É menos que um homem.
Sendo mais que um rapaz não me serve
E sendo menos que um homem
Não lhe sirvo eu. (...)

O sarcasmo e sentenças
lançadas pelo cérebro
poderão nos intimidar
da rota traçada pelol
temperamento? (...)

Morta por línguas caluniadoras
Foi Hero, que aqui jaz.
A morte como recompensa
Por seus pecados
Dá a ela a reputação
Que não morre jamais.
Assim, a vida que morreu com desonra
Vive na morte
Com gloriosa reputação.

Perdoa, deusa da noite
Aqueles que mataram tua virgem
Pois eles com canções de pesar
Andam ao redordo túmulo dela.
Meia-noite dá ouvidos
Ao nosso lamento
Ajuda-nos a suspirar e gemer
Pesadamente
Pesadamente
Pesadamente. (...)

Sirva a Deus
Ame-me
E recupere-se. (...)

O homem é uma criatura inconstante.”

Legenda do Filme: “Muito barulho por nada”, baseado na peça de William Shakespeare, com Emma Thompson.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

África no coração

Como um sonho, uma visão
Fogo ao fundo, destruição,
Algo aconteceu – abalou o mundo
Uma cruz fincada na terra – salvação.

Mãos acorrentadas agora estão livres,
Mãos livres, destruidoras, são presas,
Uma reviravolta no curso da história
E as chamas da liberdade são
Divinamente acesas.

O inferno é acorrentado,
O Rei Jesus tem nas mãos as chaves
Do céu, do inferno e da morte,
E nós, o mundo.

Queima em mim, Senhor,
Tua chama, Teu fogo, Tua paixão,
Que eu ouça Tua voz somente
A gritar em alto e bom som:
ÁFRICA NO CORAÇÃO!

(By Lioness, junho 2000)

Eu e minha boca grande


07/10/99
Pai, estou me sentindo estranha, errada, fora do lugar.
Não sei o que aconteceu, nem exatamente onde está o erro, mas sei das coisas erradas que fiz depois que o suposto aconteceu.
Perdoa-me, Pai, pela língua sem freio de ontem, pelo que eu disse às crianças (inclusive ao M.) e que não devia ter dito. Não foi só o que eu disse, mas, principalmente COMO eu disse. O fato de eu andar nervosa não me destitui da responsabilidade de assumir meus erros. Não posso justificar-me. Só Tu o podes fazer. Assim como também só Tu podes fazer de mim uma bênção para aquelas crianças e para todas as outras crianças que me rodeiam.
Tem misericórdia de mim e perdoa-me por não refrear minha língua ao demonstrar que sou dona da situação.
Eu não sou nada. Ajuda-me a viver e a morrer fazendo somente a Tua vontade.
Em nome de Jesus.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Vida, só em Jesus!


01/10/99
Louvado sejas, oh, Deus, em minha vida, enquanto eu viver e por toda a eternidade. Obrigada, Pai, por este dia, pela Tua rica misericórdia e pela segurança que posso ter em Ti.
Que todo pensamento que não procede de Ti, seja ele humano, carnal ou maligno, se retire, em nome de Jesus.
Eu Te entrego minhas tristezas e alegrias destes últimos dias e só Te peço duas coisas: dá-me (continua dando-me) sabedoria do alto para enfrentar o dia-a-dia de maneira a só trazer glórias a Ti; e ajuda-me, apontando-me o caminho, a fim de que eu realize somente a Tua vontade mesmo que, em determinadas situações, ela não seja igual à minha.
Eu te peço, em nome de Teu Filho Jesus, o Caminho, a Verdade e a Vida (cf. João 14:6).

03/10/99
Acheguemo-nos a Jesus! Este é o nosso propósito de vida!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

O que significa ser um Homo Sapiens?

Recebi o prêmio Lemniscata da querida Hazel http://casaclaridade.blogspot.com/

Obrigada, amiga!




As regras do Prémio Lemniscata:
1. Expôr o selo no seu blog e atribuí-lo a 7 outros blogs que considere merecedores.

2. O premiado deverá responder à pergunta: O que significa para si ser um Homo sapiens?





Nomeio para receber este prêmio os seguintes blogs:
1. SGI/Sônia - http://milpassosparaalgumlugar.blogspot.com/
2. Peixe - http://diariodeumpeixe.blogspot.com/
3. C. Maurício - http://ometafisico.blogspot.com/
4. Captain Forr - http://captainforr.blogspot.com/
5. Lúcia - http://lucia-inthesky.blogspot.com/
6. - http://claustroliberto.blogspot.com/
7. - http://jesusmaioramor.blogspot.com/

Bem, para mim, um verdadeiro Homo Sapiens é aquele criado à imagem de Deus. Portanto, é um espírito, tem uma alma e habita num corpo físico. - Gênesis 1:26-28
Por causa do pecado, perdemos nossa identidade e propósito neste mundo, e deixamos de ser o que verdadeiramente fomos criados para ser. - Isaías 59:2; Romanos 3:23; 6:23
Jesus Cristo é Deus que veio em carne para morrer e pagar o preço que nós merecíamos pagar por consequência dos nossos pecados.
Assim, agora somos plenamente capacitados a ser Homo Sapiens, como Deus planejou de antemão que fôssemos.
Quem crer e seguir a Jesus Cristo recebe o direito de ser chamado filho de Deus. - João 1:12
O verdadeiro Homo Sapiens é santo como Deus também é santo (1 Pedro 1:15,16), i.e., separado de tudo o que desagrada a Deus, vive pela Palavra de Deus (Mateus 4:4, João 4:34; 17:17) e foge do mau.

Bem querer

Pensamentos
Sentimentos
Acontecimentos;
Tudo isso envolve
Meu coração;
Você não me sai
Da mente
Em nenhum
Momento;
Desde já temo
A dor
Da decepção.
Cada vez mais perto
Você parece estar
De mim, de tudo
O que vejo, o que toco
Apesar da distância
Que você mantém
- vou enlouquecer –
É o que não deixo
De pensar
Mas lutar contra
O que estou sentindo
Penso que não posso...
(ou não quero?)

(By Lioness - abril de 2000)

Como o grão de trigo


26/09/99
Se não morrermos para os nossos próprios interesses, nos será impossível produzirmos qualquer fruto. Mas, como o grão de trigo morre a fim de frutificar, morramos também nós, com nossos direitos, nossos prazeres e vontades, nossos planos e pensamentos, entreguemo-nos a fazer a vontade de Deus, obedecendo-o, para que venhamos a produzir frutos de arrependimento para a glória do nosso Senhor.

30/09/99
Querido Deus:
Louvado para sempre seja o Teu Santo nome em todo lugar. Grande é o Senhor, digno de louvor.
Muito obrigada por este novo dia, pela Tua misericórdia e Teu amor.
Minhas preocupações eu entrego em Tuas mãos: a faculdade, o cursinho, o dinheiro, os remédios, o casaco, o pai, a L.(e a G. e o R.), os bordados, as crianças, as aulas, o emprego, a missão, a Igreja, os discipulados, a célula, a IEB, meus amigos, parentes e familiares.
Nada disso, sei, deve ser mais importante que Teu relacionamento comigo; quero viver segundo esta verdade, ajuda-me, pelo Teu Santo Espírito de amor que em mim habita.
Desejo fazer Tua vontade, Te amar, Te agradar, prá sempre Te louvar onde quer que eu esteja.

Cria em mim, oh, Deus, um coração puro, e renova um espírito reto em mim.”
(Salmo 51:10).

À noite...
Obrigada, Paizinho, muito obrigada, pelo dia MARAVILHOSO que me deste, não sem dificuldades, mas muitas vitórias, uma paz indescritível e uma alegria sem medida.
Grande é o Senhor, aleluia! Só o Senhor é Deus, e eu me alegro em poder ser Tua, somente Tua, e desejo continuar sendo Tua, crendo em Ti, prá sempre.O que Deus pede de mim é o melhor para mim!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Só para gente legal


A SGI/Sônia (http://milpassosparaalgumlugar.blogspot.com/ )é uma pessoa muito legal!

No blog dela tem uma história de como ela lidou com uma situação difícil mas ainda assim conseguiu contornar tudo e sair no maior bom humor. Por minha admiração, publico o selinho dela aqui, e o ofereço a toda a gente legal que comenta aqui no blog.

Um abraço.

Orfélia

Mulher difícil essa tal de Orfélia
Voz de sereia
Gênio de dragão
Vivia a cantar
Os homens? Não, os homens não.
Eles é que a cantavam
Mas Orfélia cantava para o sol
Deixando-os de cara no chão.

Até que um belo dia
O sol de Orfélia apareceu
Eurico, pobre rapaz,
Mais pobre que ele
Jamais se viu.

Orfélia, então, o cantou,
Eurico quase cedeu,
Sem medo ela se apaixonou
Fugindo ele se perdeu.

Orfélia se desesperou:
‘Onde estás, meu amor?
Atrás de ti ao inferno irei
E onde mais, se necessário for.’

Eurico ía prá mais longe
Não olhava nem para trás
Queria se livrar da mefistotélica figura
Que se aproximava cada vez mais.

Orfélia, por sua vez,
Não pensava, gritava apenas:
‘- Não sou Orfélia, sou Eurico
Onde poderia eu esconder-me?’

Só que os homens se revoltaram
Acharam Eurico, o mataram
E o seu corpo mumificaram.
Orfélia não mais cantou
Até que a todos eles matou
E a música que de sua boca saiu
A Eurico ressuscitou.

O amor que deles nasceu
Nunca mais se apagou
Contam de um tal de Orfeu
Que, com sua voz, a Eurídice conquistou.
Mas, tudo não passa de mera coincidência
Pois as coisas que mais enganam
São as aparências.

(By Lioness - março de 2000 - Alusão ao mito grego de “Orfeu”.)

Luz no fim do túnel


22/09/99
Uma luz apareceu no fim do túnel, com relação aos estudos, quando comecei a fazer superintensivo à noite, a fim de preparar-me para meu primeiro vestibular. Os dias passaram corridos, e no fim do ano pedi demissão desse emprego que só teve uma única vantagem: Pagou o meu cursinho de um mês. O resto foi só arrependimento.

23/09/99
Querido Deus:
Hoje é um dia diferente, principalmente porque daqui há uma semana estarei arrumando minhas coisas no serviço e me mandando.
Sinceramente não tenho certeza ainda de que esta é a Tua vontade, e Te peço por confirmação, caso eu tenha de voltar atrás. Não consegui discernir se o meu gesto foi carnal em sua totalidade ou fui movida pelo Teu Santo Espírito. Só sei que Tu conheces meu coração, e sabes que não desejo desagradar-Te. Aí aconteceu tudo, e eu não sei se sou digna de perdão ou não. Só sei que agora sobrou tempo, e continua faltando dinheiro, mas acho que ficarei mais calma (um pouco só). O A., quando não inventa de encher minha cabeça de idéias revolucionárias, é uma pessoa com muita compaixão, a L., então, nem se fala! Obrigado pela vida deles.
Muito obrigada, também, pelo pai e pela mãe, que estão segurando essa comigo. Faço minhas as palavras do pai, só que puxando para o lado oposto: se queres que eu faça faculdade de letras, ou qualquer outra coisa, sei que me ajudarás, pois não desamparas os Teus servos, e ages com misericórdia renovada.
Mesmo que eu me sinta desamparada e não consiga entrar numa faculdade, louvado seja o Teu Santo nome, e glorifica-O em minha vida, endireita as minhas veredas, para que eu só realize a Tua vontade.
Perdoa-me, Senhor, por agir por impulso. Acabou, e eu tenho quase certeza de que não levarei muita coisa disso.
Só não Te esqueças da L.. Abre para ela uma porta fora dali, pois Tu sabes o quanto ela necessita para viver. Eu Te peço, Senhor, por Jesus, por Teu Santo Espírito que habita em mim, pelas Tuas misericórdias, e pelo fato da fé, que tira de foco meus atos para justificar-me.
Tu és meu Senhor, e eu sou Tua filha. Necessito tão somente de Tua direção para viver, em nome de Jesus.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

domingo, 19 de abril de 2009

O toque

O toque
O olhar
Um elogio
Pertencer a alguém
Necessitar disso
Compartilhar.

(By Lioness - março de 2000)

Administrando o tempo


13/09/99
1º ) Quando não controlo o tempo, tenho a tendência de aplicá-lo em áreas nas quais sou mais deficiente;
2º ) Quando não controlo meu tempo, posso deixar que as pessoas mais dominadoras do meu círculo de amizades assumam o controle dele;
3º ) Quando não controlo o tempo, perco-o para todas as emergências.
4º ) Quando não controlo o tempo, acabo aplicando-o em atividades que buscam o reconhecimento público.


Oh, Deus, e agora?
Estou sem dinheiro (ainda não recebi meu pagamento de agosto), descobri que sou impelida (não chamada) e muito desorganizada com relação ao tempo.
Ainda tenho o pressentimento que descobrirei coisas piores...
Mas, se estás por trás de tudo isso, a fim de cumprires Teus justos propósitos em mim e através da minha vida, que se cumpra em mim a vontade do Senhor.

14/09/99
O sentido exato de ser missionário é: EU SOU DELE E ELE ESTÁ REALIZANDO A SUA OBRA ATRAVÉS DE MIM.

15/09/99
Treinar a mente para observar e apreciar as mensagens que Deus registrou na criação.
É muito fácil fugir das atividades de rotina, dos serviços mais sem graça, para me dedicar apenas aos mais empolgantes que aparecem. Mas o fato é que a maior parte de nossa vida é constituída de rotina. Estudar é uma tarefa árdua, e interrupções, muitas vezes, perturbam a fluência do ritmo mental. É fácil reconhecer os que gostam de estudar, de qualquer idade, pois, são os que estão fazendo anotações.

sábado, 18 de abril de 2009

Poder ver

Na verdade
O que vemos?
O que não vemos
É o que tememos
O que perdemos
Ao não sabermos
O que vemos
E o que não vemos.
Saber ver
É o segredo
Mesmo quando não se pode ver;
Mas saber
Como e quando se ver.
Poder ver...
É uma dádiva,
Um presente de Deus.
Maior presente, porém,
É enxergar o que se vê
Valorizar
Amar
Querer ver
E acontecer.
Isto, sim,
É um verdadeiro milagre.
Ver e ser visto.
Porque só podemos amar
O que podemos ver
Com a alma e o coração.

(By Lioness - março de 2000)

Dias de TPM


09/09/99
O Senhor é bom, e a Sua misericórdia dura para sempre!
Obrigada, Paizinho, pelo dia sem cólicas, pela paciência que me deste, por essas crianças e pela chuva, ah, a chuva de que tanta falta senti!
A vida ainda está longe de ser fácil, mas a Tua paz não tem preço, e Te sou grata por tê-la me dado.
Eu Te amo, meu Deus; que todos os meus planos e objetivos estejam sujeitos à Tua vontade. Em nome de Jesus...

12/09/99
Without him we can do nothing!

Viver, viver
Simplesmente?
Sonhar, vencer
Coerente?
Caminhar e ser luz
Ser temente?
Qual o caminho, meu Deus,
Neste mundo indecente?

A nossa tarefa é levar as pessoas a reconhecerem a imensidão do amor de Deus.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Um mundo sem escrita

Um mundo sem escrita seria...
Não, não seria,
Não sei como existiria.
Sem marcas a deixar,
Sem bilhetes a mandar.
O caos ou a liberdade,
Loucura ou sanidade?
Sem papel e uma caneta
Sem registro de validade,
Penso que tudo perderia o sentido
Sem nada deixar à posteridade.
História, comunicação à distância,
Que meios existiriam
Para aliviar-nos nessa questão?
Num mundo sem escrita
Faltaria cérebro para tantas leis
(as necessárias à sobrevivência comunitária),
E sobraria aquele suspiro singular
No final de uma breve inspiração:
‘- Puxa, como é que começava, mesmo?’
E aquela declaração de amor
De que a amada exige repetição
Depois de trinta anos de pia e fogão?
E para finalizar
O que dizer, então,
De ônibus e aviões
Sem rota definida a vagar,
(caso o transporte coletivo exista sem escrita –
Difícil de acreditar)?
Uma vantagem encontrei
Nesse mundo sem letras, sem lei:
Nesse caso eu me livraria
De estar onde estou neste dia
E, portanto,
Nem esse texto
Eu escreveria...

By Lioness – mar/00

Limites


07/09/99
Ah, Pai, eu pequei, e de maneira alguma, por merecimento, posso ser chamada Tua Filha.
Tem misericórdia de mim, Jesus, Filho de Davi. Pelo Teu sangue clamo, a fim de ter a maldade do meu pecado perdoada.
Meu ser eu coloco diante de Ti, sem reservas ou preconceitos.
Tu sabes todas as coisas, sabes que eu Te amo, e desejo a Tua vontade realizar. Por isso, nessa manhã, coloco diante de Ti meus planos para a passagem do ano novo. Sabes que, no fundo, não desejo estar com a L., o R., a G., a L., o N. e o J. São famílias, não tenho nada a ver com a realidade deles.
Mesmo assim busco Tua vontade, pela renovação do meu entendimento, e peço-Te ao Teu Santo Espírito de amor que me guies em toda a verdade para que isso venha a acontecer.
Em nome de Jesus, o Cristo, que veio em carne e venceu a morte, se é da Tua vontade que eu não passe a virada do ano com a L. e todos os citados anteriormente, dá-me a chance clara para cancelar minha presença neste evento para ela. Sei o quanto ela ficará chateada, mas é tão estranho quando fico aqui na casa dela, vendo discussões entre os dois, gritos da G. e eu sem poder fazer pequenas coisas de que gosto só porque ela não acha “útil” ou produtivo.
Caso contrário, dá-me paciência do alto a fim de tudo realizar com alegria; tudo com um único propósito: glorificar o Teu santo nome, indo ou ficando, que seja feita a vontade do Senhor.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

POR QUE NASCEM BEBÊS RUIVOS?


Depois do bebé nascer, o pai, aflito, foi falar com o obstetra.

"Senhor doutor, estou muito preocupado porque a minha filha nasceu com cabelos ruivos. Não pode ser minha!"

"Que disparate!" disse o médico. "Mesmo que tu a tua mulher ambos tiverem cabelo preto, podem ter cabelos ruivos nos genes da vossa família."

"Não é possível!" insistiu o pai. "Ambas as nossas famílias têm tido cabelos pretos há muitas gerações."

"Bem," disse o médico "tenho de perguntar...

Com que frequência tu e a tua mulher praticam sexo?"

O homem, envergonhado, respondeu:

"Este ano tenho andado cansado de trabalhar muito. Só fizemos amor uma ou duas vezes nos últimos meses."

"Então aí está!" disse o médico confiante. "É ferrugem!"
Bom, eu posso contar esse tipo de piada, sou ruiva...

terça-feira, 14 de abril de 2009

With heaven’s eyes

De repente ouço a canção
Que me pede para olhar a vida
Com os olhos divinos.
Faço, então, uma experiência
Prá ver se, realmente,
A vida vale a pena.

Vejo um sol que jamais se põe
E uma luz que nunca se apaga;
O valor de cada pessoa
Pelo que pode vir a ser
Não pelo que ainda é;
Vejo o mar como expressão de força
E a areia como de sabedoria,
Vejo maravilhas no céu e na terra
Ah, e a alegria,
Ela toma conta de mim!

Posso ver a mão de Deus
A mover montanhas de dificuldades,
Curar, dar paz, ministrar perdão,
Vejo Seu poder realizando milagres
E de esperança encher meu coração.
Vejo que, do nada, alimenta multidões
Vence superpotências que, prá Ele, o que são?

Tenho vontade de chorar, então,
Não de tristeza, mas de assombro, alegria
Emoção. Vejo agora com outros olhos
Que não sou eu
Que faz o mundo girar.

A mão que tudo pode
Que abriu o mar,
Hoje me abre os olhos
(como fez a tantos cegos)
Para que eu possa contemplar
Milagres hoje tão próximos
Singulares, que não posso deixar
(nem quero) de louvar o Santo nome
Do Deus dos Exércitos de Israel,
Meu Pai, Yah,
Meu Senhor Jesus,
Meu Santo e fiel Consolador
Por quem todas as situações
Podem, mudar.


(By Lioness, janeiro de 2000)

Obs: O poema foi escrito com base na música que faz parte da trilha sonora do longa de animação “Príncipe do Egito”, da Dreamworks.
Yah – abreviatura de Yahweh, tranliteração do nome hebraico do Deus dos judeus.

Influência


05/09/99
Assim como vives, oh, Senhor, clamo a Ti neste dia, para que afastes de mim toda a má influência e convivência que o A. me traz. A amizade que ele me oferece só tem me trazido desânimo, confusão, autopiedade, cansaço e revolta.
Não desejo mais ouvir suas lamúrias e suas idéias “revolucionárias”, cheias de independência e desprendimento (nenhum senso de compromisso).
Peço-Te sabedoria para amá-lo como amas-me, mas não mais me dar ao desprazer de ouvir o lixo que está acumulado em sua mente e em seu coração.
Tem misericórdia de mim, oh, Deus, e do A. também. O que eu gostaria é que ele, de uma vez por todas, se entregasse a Ti, e não mais mandasse me sua vida, mas que pertencesse inteiramente a Ti.
Por enquanto, o que não mais desejo, é vê-lo (ou, pelo menos, ouví-lo) novamente.
Entrego em Tuas mãos os desejos do meu coração, pois sou Tua, e não posso decidir por mim mesma a minha vida.

Entregar e descansar
É Jesus a chegar
Seu Espírito a consolar
E minh’alma sua sede saciar!

Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti.
A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre
.”
Salmo 73:25, 26

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Confissão

É complicado ser quem sou
E por demais difícil dizer o que sinto
Expressar toda a rejeição
Que vem de dentro
Bem do fundo do meu ser.
Toda a minha luta
A fim de sempre vencer
E o meu constante isolamento
Se explicam por si só
Na insegurança
No medo
Da rejeição
Da solidão
E o que se vê é carência
Choro, vida de ilusão.
Deus, ao tornar-se meu Pai,
Deu-me também novo pai.
Um pai celeste que me amou
Desde o princípio,
Um pai terreno que aprende a me aceitar
Até mesmo em minhas derrotas.
Olhar para trás
Me dói muito;
Vejo fuga, vejo medo
Uma corrida contra o vento,
Buscando provas, merecimentos
Para ser aceita, ser amada,
Sem preconceitos.

Hoje, tudo o que se deve ter
Para ser bonita, amada, procurada,
É tudo o que estou longe de ser,
Sou carente, gorda, machucada
E ainda aprendendo a perder.

É tão difícil desviar o olhar
Desta dura realidade
Hoje peguei minha mente a vagar
Numa ponta de vaidade.
Retirei meus olhos da cruz
E meu coração do meu Deus;
Seu Santo Espírito entristeci.
Minha única esperança é ir a Ti
Meu Jesus
Derramando a Teus pés
As dores que ainda vivem em mim.

(By Lioness, janeiro de 2000)

Uma mentira


28/08/99
Sinto, hoje, viver uma grande mentira. Sou chamada ou impelida? E agora, Deus? O que fazer? Ou melhor, o que não fazer?
É, estou realmente vivendo em função de minhas compulsões, e não de um chamado. Devo raticar alguns atos de renúncia e abandonar conscientemente certas coisas – que tornaram-se erradas pelo fato de sua importância ser determinada por razões erradas.
Tudo me foi inútil até agora, porque desejei sempre conseguir uma forma de liderança como um meio de dominar outros, mais do que para serví-los.
E, como o apóstolo Paulo, hoje desejo cair de joelhos diante do Senhor, e receber o alívio que só Tu podes dar.
Que farei, Senhor? E o que devo deixar de fazer?
Quero ser uma pessoa comum, que ouve os outros e não se arma toda frente a uma crítica. Desejo, sim, ser chamada, não impelida a viver para Ti. Não quero achar que posso merecer Tuas bênçãos nem obter resultados por meio de esforço desgastante.
Quero descansar, e ter “meu” mundo interior completamente transformado e reformado por Ti.
É verdade, Senhor, o que eu fiz sempre sed confundiu com o que eu sou. Deus, quanto me enganei! E me desculpei, tentei justificar-me, aliviar o engano e tudo o mais...
És tão bom, tiras, num piscar de olhos, todo o fardo que procurei carregar nestes últimos anos e, como diz a música, “Tu vens e me salvas”.

domingo, 12 de abril de 2009

Duas indicações

Bem, neste fim de semana sozinha, feriadão, tenho dois achados para compartilhar:
O GUARDIÃO DE MEMÓRIAS
Descrição:

Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro. Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu. Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar. A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas.
Editora: Sextante
Autor: KIM EDWARDS
ISBN: 9788599296141
Origem: Nacional
Ano: 2007
Edição: 1
Número de páginas: 368
Acabamento: Brochura
Formato: Médio


ANTES QUE TERMINE O DIA

Sinopse

Ian (Paul Nicholls) e Samantha (Jennifer Love Hewitt) formam um casal feliz e cheio de planos para o futuro. Enquanto Samantha busca demonstrar seu amor a todo momento, Ian procura voltar sua atenção para a carreira e os amigos. Após um dia em que tudo deu , eles terminam o namoro. Entretanto um acidente faz com que a vida deles mude de rumo. No dia seguinte Ian percebe que acordou novamente no dia anterior, tendo a chance de refazer tudo o que tinha feito antes, só que agora da forma correta.

Ficha Técnica
Título Original: If Only
Gênero: Comédia Romântica
Tempo de Duração: 92 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Inglaterra): 2004
Estúdio: BoxTV / Tapestry Films / Intermedia Films / Love Spell Entertainment / Outlaw Productions / If Only Productions Services Ltd. / Bondesen-Graup
Distribuição: Imagem Filmes
Direção: Gil Junger
Roteiro: Christina Welsh
Produção: Jill Gilbert, Jeffrey Graup, Jennifer Love Hewitt, Gil Junger, Robert F. Newmyer e Jeffrey Silver
Música: Adrian Johnston
Fotografia: Giles Nuttgens
Desenho de Produção: Joseph Bennett
Direção de Arte: Grant Armstrong e Mark Raggett
Figurino: Odile Dicks-Mireaux
Edição: William M. Anderson e Padraic McKinley

Gratidão

25/08/99

Oh, Deus, obrigado por esta cama macia,
Pois um dia não a tive
E, quem sabe, outro dia não a terei.
Obrigado pelos Teus olhos fiéis a me observar,
Acompanhar meus passos,
Meus tombos, meus devaneios.
Sinto-me observada dia-após-dia,
Mas não intimidada;
Sempre, porém, observada.
Nunca estou só.
Obrigada.
Obrigada também pelo Teu silêncio que muito me fala, me ensina, produz.
E pelas duras palavras que meu pecado traz à luz.
Hoje agradeço, amanhã revolto, mesmo assim obrigada
Pela constância que existe em Teus brios.,
E pelo amor que és e fazes acontecer.
Obrigada pela comida
Que sobe à minha boca,
Pelas mãos que a levam,
Pelo corpo que a recebe,
Por aqueles que a transformaram,
E por aqueles que a venderam.
És o início e o fim
De todas as coisas.
Ainda nem posso crer
Que Te sou amada,
Querida, fui comprada.
Me vestes, alimentas, me queres bem,
Apesar dos pesares.
És maluco, incompreensível,
O Senhor do impossível.
O Deus Santo que deu Seu Filho.
És Tu.
E eu, nem mereço a honra
De partilhar da mesma linha
Que tenta Te descrever.
A incrédula, ingrata,
Egoísta e egocêntrica,
Medrosa e insegura,
Amarga e orgulhosa,
E as reticências não têm fim
Neste período, nem em outro
Que o segue, dentro do mesmo parágrafo.
Mesmo assim colocas
Um ponto final na história
Da minha culpa e a esqueces.
Tu? A esqueces?
És impossível. Tu o és!
Esqueces que não podes esquecer-Te?
És maravilhoso,
Isso é o que Tu és!
Ignoras meus motivos, carregas-me em Tuas mãos (que são tão fiéis), alimentas-me, vestes-me, dás-me um nome (que é novo), um sentido, amas-me com amor tal que...
Ah, te sou tão indigna!
E me dás uma cama para dormir, onde lembro cada um dos benefícios que me tens dado, então começo a enumerá-los, e a agradecer-Te por cada um deles.
De repente meu coração é tocado, e lágrimas escorrem por minha face.
Falaste-me novamente, sim, Teu bom Espírito Consolador tornou a me falar. E me encheu de santo gozo e gratidão, por não aceitares apenas meus serviços em Teu Reino, mas me aceitaste de volta em Tua família, como Tua filha pródiga que nada merece de Ti.
Sei que me perdoaste, por Jesus, e me encheste com Teu Santo Espírito,
Me ungiste a cabeça com óleo, e preparaste meus pés para a obra.
O mais importante, porém, e que me fará andar segura em meio aos vales mais sombrios que eu encontrar, é o fato de que Te sou amada.
E que nada, nada há de separar-me deste Teu amor, que é eterno, santo, justo e imutável.
Oh, Deus, Pai, muito obrigada.
Há tanto o mais que agradecer-Te.
Calo-me, agora, noite adentro.
A culpa que carrego é só minha, não mais procede de Ti, é sem fundamento.
Em Teus braços me entrego para andar em Tua luz, não consigo viver sem Teu Espírito, sem Ti, meu querido Senhor Jesus.

(By Lioness)

sábado, 11 de abril de 2009

Pequei...


18/08/99
As respostas estão na vontade de Deus!
Pai, reconheço minha incredulidade, tristeza e desânimo. Reconheço não ser mais a mesma de três a quatro semanas atrás, e que não soube lidar com as crianças e circunstâncias da vida.
Pequei, meu Pai, e desejo voltar para Ti, para o primeiro amor, ou Te amar somente, e encontrar-Te sem preconceitos, decisões, pedidos ou resoluções.
Ah, Jesus, meu Mestre, quero seguir-Te, por isso Te entrego tudo o que sou neste momento: um vil ser humano que, sei, podes transformar e usar.
Obrigada por Teus sofrimentos e morte, que me saram, justificam, ensinam.
Louvado seja o Teu único nome!

19/08/99
Ah, Senhor, muito obrigada pelo salário de ontem (que pagou o mês de julho) e das vitórias que, aos poucos, vou reconhecendo pelo caminho.
Obrigada pela Tua misericórdia e por Teu cuidado sobre a minha vida. A Ti consagro este dia, as aulas, atividades, palavras, atitudes e cada criança que vir.
Que a Tua vontade seja feita aqui na terra, em minha vida, tão perfeita como ela é feita no céu.
Em nome de Jesus...

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Um momento - janeiro 2000

Hoje eu pequei
Me deseperei
Como um rei louco
Que busca auxílio em outro rei
E não em Ti
Meu Deus, meu Rei.

Me deste um presente
O que eu fiz?[1]
Eu chorei!
Me desesperei,
Não confiei
Não vigiei
Perdi tudo
Em que me apoiava
Mas não Te perdi
Meu Deus, meu Rei.

Li no Teu livro
Tentaram me derrubar
Me desesperei,
Chorei sem parar,
Prá Ti não olhei,
Estavas a falar:
“A quem enviarei?”
Fingi não escutar.

Continuei a chorar
A sentir pena de mim
Não quis nem lutar
Nem chegar até o fim.
Em silêncio fiquei
Foi então que eu ouvi:
“A quem enviarei?”
Sem hesitar respondi:
‘eis-me aqui, Senhor,
Envia-me a mim.”[2]

Me aceitaste, Senhor,
Me acolheste em amor
Em Ti me escondi
Meu coração se acalmou.
Tantas coisas há por fazer
Mas hoje não dá
Prá nada resolver,
Ajuda-me, Senhor,
Tua vontade fazer,
Mais e mais Te conhecer
E para a Tua glória viver.

(By Lioness)

Nada a perder


15/08/99
Cheguei à conclusão de que o Senhor fez a absoluta questão de tirar (ou arrancar) de mim tudo o que eu sempre mais valorizei, tudo a que me apeguei e tanto sonhei.
De repente, já não sei mais para onde vou, o chão some sob meus pés e não tenho mais o controle de meus planos.
A vida que hoje vivo, só a posso viver pela fé no Filho de Deus, porque de nada tenho prazer além dEle, e graça nenhuma acho na própria vida.
Engraçado, Deus, meu Pai, como o Senhor me deixou. Digo e repito que, já que me deixaste neste estado de vida e motivação, se desejas me usar, faze-o, nada mais importa para mim, e leva-me para onde queres. A própria missão perdeu-me o sentido, e não pode mais me ser um fim, e sim um meio. Um meio? Sim, de gloricar-Te.
Nada mais importa. Teu nome vale muito mais que qualquer plano ou tesouro. E é em Ti que desejo depositar meu coração.
Que mais eu tenho a perder? Só Tu sabes o que irá acontecer, o que farei, como farei, que caminho tomar, entre outras coisas e, agora, tudo o que sou rendo a tudo o que Tu és.
Me sinto estranha, nada parece me prender mais, nem o passado, nem o futuro, nem a missão, nem a família, nem a Igreja, nem anjos, nem demônios, nem eu mesma posso prender Tua palavra, muito menos impedir que Teu nome seja glorificado e receba a adoração que Te é devida até mesmo através da vida que me deste.
Nada mais sei. Eis aqui a Tua serva. Que se cumpra em mim a vontade do Senhor. E que se faça a Tua vontade, não a minha, para louvor e honra do Teu nome entre os povos do mundo.
Os que mais se mostram chocados com o cair de um cristão são os que mais têm sido pegos pelas amarras do diabo.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Páscoa - cordeirinhos de chocolate




Qual animal simboliza a Páscoa?




( X ) cordeiro ( ) coelho ( ) girafa ( ) hipopótamo




Segundo a Bíblia, o animal que simboliza a Páscoa é o cordeiro, pois está escrito que Jesus é:]


"...o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." - João 1:29




Por mais que se tente adequar os "ovinhos" e "coelhinhos" ao contexto desta data, a verdade é que estes símbolos nada tem a ver com o real significado da Páscoa, e só servem para tentar apagar o brilho da obra redentora de Jesus Cristo na cruz, além de confundir a cabeça dos pequeninos, afinal, coelho não bota ovos...




O problema não está em se comer chocolate, mas em se esquecer de JESUS, pois conforme 1a Coríntios 5:7 "Cristo, nossa Páscoa, foi sacrificado por nós".




Com a intenção de levar as pessoas a pensarem em Jesus Cristo durante a comemoração da Páscoa, o grupo "Vamos ler a Bíblia" foi até a BWB Embalagens e solicitou uma forma para fazer chocolate com o formato de um cordeirinho.




O resultado foi este lindo cordeirinho de chocolate, com 220 gramas de chocolate.




Nesta páscoa, quem quiser fazer chocolate para consumo próprio, para vender ou para presentear alguém, basta ligar para BWB Embalagens e solicitar as formas de chocolate números 857 e 858 que correspondem à frente e costa do cordeirinho.




A BWB também tem uma forma para pirulito de chocolate, no formato de cordeirinho, cujo número é 397.






Procure nos produtos, formas de "SILICONE", como LANÇAMENTOS.




BWB Embalagens


(19) 3868-8083


(19) 3868-8173


(19) 3868-8312




Qualquer dúvida, contactar:




Perder é lucro!


07/08/99
Curso na Igreja. Li o livro: “Ponha em ordem o seu mundo interior”, de Gordon MacDonald.

Que vida!

Fim do mundo é a globalização, a autosuficiência, a moda, a independência, o grande valor dado à ciência, e a eloquência.
Fim do mundo é “telettubies”, “proctor & gamble”, “planeta Xuxa” e “Vale do Amanhecer”.
Fim do mundo é crendice popular, medo do amanhã, do azar, e nada de vontades passar e, deixando o gosto de lado, música sertaneja, forró, samba e outros babados que nada pregam senão o sexo explícito e obstinado em todo tempo, lugar e com qualquer um.
Fim do mundo é perder o alvo de vista, mudar de pista onde a mão é dupla.
Fim do mundo é negar os próprios valores por vergonha, e ao mesmo tempo não ter vergonha de defender a mentira, a violência e a fé sem fundamento a fim de justificar os próprios atos.
Fim do mundo é o eclipse da alma, onde o engano de Satanás chega a cobrir a luz que brilha em nós. Perdemos o alvo, a direção, é o fim, o inferno.
O fim será para muitos, mas não para todos. Prá mim, resta a esperança, não por merecimento, mas tão somente por Sua misericórdia. Espero ser lavada pelo sangue do Cordeiro e, no fim, encontrar-me com Ele para um novo começo, a eternidade, o céu.
Sim, Deus, perdoa-me, eu pequei contra Teu Templo, e contra Ti. Por merecimento não posso considerar-me Tua filha. Tenho contra mim o peso do pecado, do descuido no trabalho, do medo, da ansiedade e da incompreensão. Não posso suportar o desejo de morrer...
É isso que lanço sobre Ti, na esperança de que Teus pensamentos a meu respeito me tragam uma esperança e um futuro de paz. Que mais posso eu desejar?
Eu desejo orar, aprender a Te buscar e Te amar, sempre contigo querer estar independente de toda e qualquer situação.


O meu chefe, meu pai, a igreja e até eu mesma, sufocam minha busca, mas não desejo perder de vista o doce chamado à comunhão contigo, querido Jesus!
Perdoa-me, lava-me, purifica-me, e santifica-me para a Tua obra, a fim de poder enfrentar o dia de amanhã com o ânimo, a esperança e a alegria renovados em Ti, refletindo Tua perfeita paz, Teu eterno amor e Tua divina inspiração. Em nome de meu Senhor Jesus, obrigada.

11/08/99
Senhor, ensina aquelas crianças e, se quiseres, usa-me para isso.
“Não é insensato aquele que abre mão de algo que não pode reter a fim de ganhar algo que nunca poderá perder.”

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ano novo

01/01/2000

Neste ano novo
Eu lanço uma pétala ao ar
E faço um pedido.
Visto-me de branco
Dou sete pulinhos
Cômo lentilhas
Bebo champagne
Sopro uma vela
Dou um sorriso
Namoro ao luar.
Hoje deixei todas as
Minhas superstições de lado,
Resolvi fazer tudo isso
Prá me sentir mais gente,
Mais viva, mais eu.
Não sei se vai ser
Um ano bom,
Será 2000,
Ano novo,
Vida nova,
Sem superstições,
Sem máscaras,
Sem dor.
Desejo deixar o amor,
Todo aquele que seja
Platônico, e viver,
Viver intensamente
Prá amar de verdade,
Sem pensar,
Sem titubear.
Ah, ano 2000.
És tão jovem e já
Esperam tanto de ti!
Quisera eu não ter
Te conhecido, mas,
Já que estamos aqui,
E já fomos apresentados,
Sê meu aliado,
Veste-te de preto,
Formemos um par,
E juntos enfrentemos
Todos os teus dias
Na esperança de
Torná-los cada vez
Melhores.
Mas, não depende de nós
Dois que o amanhã seja belo
Ou repugnante.
Deus é quem nos esculpe.
Ele é quem pode tornar
Teus dias inesquecíveis,
Tuas noites delirantes,
Todo o teu percurso valer a pena.
Em Jesus, caro e recente amigo,
És mais feliz, mais seguro,
Menos sofrido.
Minha esperança desejo
Depositar, não em ti,
Nem em mim (somos resultado,
Consequência, o depois),
Mas em Jesus,
O Senhor dos senhores,
Nossa realidade, o princípio,
A causa de todas as coisas.
A Ele desejo amar mais,
Servir mais, ouvir mais,
Discernir Sua vontade
(e cumprí-la),
Obedecer-lhe,
Ser-lhe imitadora,
Serva e refletora de Sua luz.
A Ele todo louvor,
E que não cessem meus lábios
De clamar e louvar
Este doce nome:
JESUS!

(By Lioness)

Medo, indecisão...


06/08/99
Ah, Pai, meu desejo agora é não estar mais aqui (na Escola Batista), onde cada problema me deixa tão desanimada e sem saída.
Eu tenho medo de enfrentar as pessoas, aqui ninguém avisa antes, só reclama depois, e eu me sinto tão mal...
Eu quero sair... sei que terei dificuldades em outra escola, mas nada parece ser pior que este lugar.
Ser quem eu sou... quem eu sou? Quando ajo da maneira que acho certo só me dou mal! Por que ninguém me ensina como fazer?
Nem o magistério prepara para uma situação dessas! Ah, Jesus, o que é que eu estou fazendo aqui?
Eu não sei o que fazer, nem em relação às crianças, nem em relação aos funcionários, muito menos aos pais. Tudo o que eles sabem fazer é cobrar, e nunca me ensinam como é que deve ser dito e nem o que deve ser omitido.
Pai, Tu sabes todas as coisas. O desejo do meu coração é arrumar emprego em outro lugar e sair daqui. Mesmo assim desejo saber qual é a Tua vontade, e realizá-la. Ensina-me, Senhor. Não és homem prá mentir, massacrar e exigir. És Deus. Não precisas de mim. Mesmo assim me amas e comigo (e em mim) queres viver. Eu me coloco diante de Ti, te entregando também o N. e seus pais em Tuas mãos.
Fiz tudo errado desde o início, e agora não sei como conviver com a hipótese dos pais tirarem o filho da escola por minha causa.
Preciso de ajuda, Paizinho, de amor, sabedoria, paciência e domínio próprio. Preciso do fruto do Teu Espírito Santo. Transforma-me, ou cairei desolada, molda-me segundo o Teu caráter e serei livre. Perdoa-me a ansiedade e o medo. Não sei mais o que fazer...
E quanto à faculdade? Presidente Prudente uma vez por mês? PUC? Tuiuti? Só o Senhor o sabes. Minha confiança é que as portas que abres ninguém fecha e as que fechas ninguém há de abrí-las.
Fala, Senhor, por Tua misericórdia, fala...

terça-feira, 7 de abril de 2009

NATAL... (dez/99)

Natal é vida,
a nossa,
a de todos,
a de uns com os outros,
a de Cristo em nós.

Vida que se reflete no dia-a-dia,
No calor de um abraço,
em alegria se transforma,
e em tristeza se engrandece.
Vida que luta,
que produz perseverança,
que vence os desafios,
que nos faz permanecer juntos,
que não se rende jamais.
Vida,
longa ou passageira,
um tesouro escondido,
que só se mantém em companhia de outra vida.
É vida que gera vida,
Companhia bem escolhida,
pois vida sem amor não é vida,
é morte.
Quem não ama não vive,
existe na morte,
no perigo,
no desespero,
na dor.
Vaga à mercê das circunstâncias,
como uma onda é levada,
de lá para cá,
sem nunca prever seu descanso.
Então vida é amar,
É deixar-se guiar,
é entregar-se a outra vida numa dimensão que ultrapassa o plano físico,
é servir sem esperar nada em troca,
É amor de um ser a outro,
Em qualquer momento,
Em qualquer lugar,
sem necessariamente que se toquem,
mas de tudo se desprendam em favor do outro.
A vida é misericórdia,
Companhia,
é perdão,
passar por cima do que somos e temos,
sem deixar que as diferenças nos separem,
e não mais desejar a própria felicidade,
mas alcançá-la ao buscar a do outro.
Então natal é amor.
O amor de Deus por nós,
o amor de Cristo ao deixar toda a Sua glória para sentir a nossa dor,
para chorar qual um recém-nascido,
conhecer a fome,
o frio,
a solidão,
e poder estender-nos Sua humilde, mas poderosa mão.
Natal.
Um dia como qualquer outro,
que merece ser vivido em amor,
a exemplo de nosso querido Jesus,
sem nunca esquecer que a vida só nasce após a morte,
como o grão de trigo precisa morrer para produzir fruto,
assim Jesus nasceu, viveu e morreu a fim de termos vida com Ele,
natal,
uma vida que não acaba jamais.

(By Lioness)

Para pensar...


21/07/99
Adivinha, Jesus!
Bom, que meus pais, em plena paz e, reconciliados no amor de Cristo e um pelo outro, vivam o resto dos seus dias felizes e realizados em sua vida espiritual, emocional e física na plenitude da aliança que assumiram, sendo uma só carne.
É isso, isso que eu quero que o Senhor faça. Cura-os, Senhor Jesus, de todo medo, frustração, mágoa e idolatria, egoísmo e orgulho, autopiedade e comiseração.
É isto, por amor do Teu nome.

22/07/99
Aleluia! Obrigada, Jesus, pelo salário que recebi ontem! Isso, só o Senhor pode dar. Louvado seja o Teu magnífico nome!
Li “O diário de um mago”, de Paulo Coelho – só comprova o quanto experiências físicas refletem realidades espirituais.

24/07/99 – Seis anos de chamado missionário!

“Dois médicos franceses discutindo sobre o aborto:
- Se o senhor fosse o médico de uma família com um pai sifilíaco, em que o primeiro filho nascera cego, o segundo com uma perna só, o terceiro tuberculoso, o quarto débil mental, e cuja mãe estivesse esperando o quinto filho, o senhor faria o aborto?
- Evidente!
- Muito bem, o senhor acabou de assassinar Ludwig Van Beethoven...”

Por que é que, parece, o pai e a mãe adoram jogar um balde de água fria bem quando há tantas bênçãos e tanta alegria a ser compartilhada?
Senhor, em nome de Jesus, fortalece e ensina o A. a Te buscar de todo o seu coração e perfurar Tua autosuficiência fazendo regozijar-Te nele dando-Te prazer. Coloca Teu coração nele e faze dele uma bênção onde quer que ele esteja, por amor do Teu nome...

segunda-feira, 6 de abril de 2009

ALVO

Meu alvo é Deus somente...
A qualquer preço,
Amado Senhor,
Por qualquer caminho.

(Lioness)

Alguém diferente


17/07/99


Algo interessante aconteceu nesse dia, sábado de culto jovem. Eu estava na Igreja e, como sempre, tinha chegado bem antes de começar. O telefone do escritório tocou e, como eu tinha a chave, abri e atendi. Era um rapaz com um sotaque diferente, dizendo que se chamava V., era de São Paulo e que, como estava há alguns dias em Curitiba, passou e viu nossa Igreja, copiou o número do telefone do banner e estava ligando para saber os horários e programações.
Como temos, em nossa Igreja, o esquema de células homogêneas (grupos pequenos ou só de rapazes ou só de moças), depois de me apresentar fui chamar o C., que era líder de uma das células de rapazes.


18/07/99
À noite, domingo, estava eu lendo no último banco da Igreja à espera do início do culto quando vi dois pés parados à minha frente e ouvi uma voz forte e viril, sem deixar de ser doce: “Você que é a ...?”
Ao levantar os olhos deparei-me com uma visão – claro que ele era real, mas sinceramente era, fisicamente falando, tudo o que eu pedi a Deus: moreno, um sorriso cativante, simpático, e aquela voz... – Pois era V., o rapaz do dia anterior, a quem eu havia atendido pelo telefone. Ele tinha ido ao grupo do C. e enquanto estivesse em Curitiba nos visitaria. Pena que logo ele teve que partir para São Paulo, mas senti que havia ficado uma marca em mim, apesar do pouco tempo que conversamos.


Nossos corpos não devem tomar a forma deste mundo, mas serem transformados pela renovação que primeiro deve haver em nossa mente, por um novo entendimento que há em Cristo.
Só assim comprovaremos a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita em todos os seus caminhos.
Em não conformar nossos corpos a este mundo, poderemos apresentá-los a Deus como sacrifício vivo (já que não é fácil ir contra a correnteza), santo (em toda pureza) e agradável a Deus. É desta forma que o louvamos, que glorificamos Aquele que nos criou.
Obrigada, meu Pai, por me carregar e me ensinar tanto, mesmo que isso me custe a vida.
Clamo, em nome de Jesus, Teu unigênito Filho em natureza e glória, que acompanhes o A. com um zelo tal que ele chegue a sentir Tua poderosa e segura presença. Protege-o, Senhor, nos seus caminhos, em meio aos seus tios e sua prima. Unge-o de maneira miraculosa e faze resplandecer Tua luz em sua vida de maneira que, naquele lar, as trevas se vejam obrigadas a recuar, na autoridade do nome de Jesus, para a Tua glória, Deus grandioso!

domingo, 5 de abril de 2009

Situação em 2009







Voltando do túnel do tempo - porque estou publicando minha história passada - meu marido ligou ontem.



Ele tem mantido o ritmo de ligar uma vez por semana, sondar a situação, repetir as mesmas decisões só para deixar bem claro que é que manda. Fazia tempo que não nos falávamos, já que nas últimas vezes eu só chorava e tinha crises.



Aí ele ligou, parei de lavar a louça e atendi, consciente do que viria. Quase não falei, de início. Ele fez milhares de perguntas, resumi ao máximo, para evitar que minhas emoções assumissem o controle, afinal são 4 meses de tratamento em que ele deveria estar aqui, etc...



4 meses já passaram em que um oceano nos separa, e eu pensei que não aguentaria. Ele gastou todo o dinheiro que eu nem sabia que ele tinha, viajando para Dubai, comprando e vendendo autopeças. Gastou até o que deveria ter usado para a passagem dele para cá, por isso não veio no início de março, como combinamos.



Quis me fazer mais uma lista de promessas, como sempre, e eu disse que não quero mais promessas, porque ele não consegue cumprir nada do que promete.



Ele não quis emprestar dinheiro para a passagem de vinda ao Brasil, mas emprestou dinheiro para aluguel de casa lá em Moçambique, e só quer me ligar uma vez por semana, não mais do que isso.



O que eu disse é que não quero mais essa vida. Não quero mais sofrer por causa dele. Quando ele comprar a passagem (que disse ser no mês que vem) ele ligue para meu pai dizendo o dia e a hora que chega no aeroporto e meu pai vai buscá-lo. Não quero mais falar com ele por telefone. É perda de tempo e só me machuca mais.



Não preciso ouvir que ele não quer me ligar mais do que uma vez por semana. Não preciso saber que ele gasta dinheiro com outras coisas e pessoas enquanto eu estou passando necessidade e lutando para sobreviver aqui.



Não preciso.






Quando ele chegar, aí será a hora da decisão.



Por enquanto, é só tentar ficar bem, porque Deus cuida de mim, mesmo quando todos me abandonam.






Sinto falta da minha irmã. Faz um mês que a gente não conversa e só hoje a vi.



De tudo o que ela já me acusou ela faz o mesmo. Somos feitas da mesma matéria. Somos iguais, mesmo sendo tão diferentes.



Cansei de ter que ficar cuidando com as palavras e gestos perto dela. Qualquer coisa pode ser motivo para uma cara feia, uma reprovação, um distanciamento. Sempre foi assim. Eu nunca pude ter opinião perto dela, a não ser quando a minha opinião combinava com a dela. Nos assuntos que a gente concorda a gente se dá muito bem.



Queria que independente de todas essas coisas, o amor que a gente tem uma pela outra fosse maior. Cansei de ter que sempre ir atrás.
Então, para acabar com meu dia ontem, terminar de destruir, assisti um filme que estava há tempo curiosa para ver "À prova de fogo" - dos mesmos produtores de "Desafiando os gigantes".
É de matar. Cada cena, uma emoção, um desafio, uma luta. O tema? Casamento. Tem até um livro já publicado a respeito do filme - "O desafio do amor" - lançado apenas em inglês.
Será que realmente quero continuar?

Eu não sei ser irmã. Não sei ser esposa. Não sei viver.

Meu futuro

Confiar e entregar
Meu caminho, meu andar
E só para frente olhar.
O passado esquecer
Santidade querer ter
E cada dia mais
Tua vida poder viver.

Alvos e objetivos
De lado deixar
Para Ti somente olhar
Na Tua bondade
E na Tua pessoa
E em mais nada confiar.

E agora, Senhor,
Perto do Teu calor
Desejo seguir, mesmo na dor
Adinte, para onde for
E colocar-me
A Teu inteiro dispor
E proclamar ao mundo
Teu eterno amor.

(By Lioness, novembro de 1999)

O melhor de Deus


15/07/99
Acabei me tornando minha pior inimiga!
O Senhor providenciou tudo. O dinheiro veio de todos os lados, mas a Tua vontade prevaleceu. Não abriram vagas para o curso de letras, e o tempo mostrou-se ser outro e, quem sabe, o lugar também. Louvado seja o teu glorioso nome por Tua perfeita fidelidade e Teu perdão. Obrigada pela beleza que colocaste em mim, e pelo Santo Espírito que em mim habita.
Sou Tua, sou feliz,
sem Ti não sou nada
és tudo o que eu sempre quis,
sei e sinto que Te sou amada.

Princípios na Palavra de Deus para a área de relacionamento com o sexo oposto:
Pureza interna e externa, confiança em Deus, honra à autoridade e espera no Senhor – delineiam uma forma de vida para aqueles que realmente desejam entregar esta área de suas vidas ao Senhor.
O caminho de Deus é o melhor! Decidi me guardar para o meu casamento.
Sem namorar, sei que, se algum dia eu me casar, será apenas pela ação miraculosa de Deus.

16/07/99

“Quando se entrega tudo nas mãos do Senhor, não existe falha, não tem o que dar errado!” (L.)

sábado, 4 de abril de 2009

Petição

Tarde prá te buscar
Cedo prá desistir
As emoções inconstantes
E o desânimo chega
Sem aviso prévio,
Sem contestação.
Oh, meu Deus, protege a T.
E o seu coração
Ajuda-me a guardar o meu
De qualquer tentaçãol,
Perigo ou ilusão.
Ajuda-me a vencer
A tristeza e a depressão,
A me relacionar
Sem medo
E amar
Ardentemente
Sem esperar
Retorno
Ou satisfação.

(By Lioness, outubro de 1999)

Busca por uma chance


12/07/99
Bom, são 20h, e como na história que minha mãe contou hoje, creio que Tua principal intenção é usar aqueles que não têm possibilidade alguma de auto-glorificarem-se, inclusive usar situações onde só Tu podes agir.
Creio também que estou vivendo uma destas situações...
Depois de semanas seguidas ligando, hoje é que avisaram a mãe de que as inscrições para o vestibular da Tuiuti abriram dia 7 passado e se encerram daqui há 3 dias (dia 15 às 21h!)! A pior notícia foi o preço da inscrição: R$ 90,00!
Hoje perguntei ao pastor B. quando receberemos (a M. e eu), e ele falou algo sobre até sexta-feira, dando um relatório completo sobre o déficit financeiro da Escola. Minhas esperanças morreram depois das ‘novidades’ sobre o vestibular.
Aí liguei prá D. R. pedindo oração. Ela comentou a possibilidade de um empréstimo de parte do valor da inscrição, e tentei ligar para o A., mas não consegui encontrá-lo em casa.
Isso é o que eu chamo de uma situação difícil. Só tenho vontade de chorar, porque não posso fazer mais nada...
Senhor, hoje eu clamo, e chamo os céus e a terra por testemunhas. Tu sabes todas as coisas. Conheces tudo a meu respeito, sabes que não valho nada e que nada posso realizar. Mesmo tendo esta consciência, me chamaste e me escolheste quando eu ainda estava no ventre de minha mãe e Te deste a conhecer a mim há vários anos atrás. Me lavaste por lugares inimagináveis, conhecendo pessoas, situações e missões, aprendendo coisas que nunca passaram nem longe das que antes conhecia.
Não fora o Senhor, teria eu me acabado antes de aqui chegar.
Coloco diante de Ti esta causa, que é mais Tua do que minha, pois depende inteiramente dos planos que tens prá mim e que, sei, são de paz e não de mal, a fim de dar-me uma esperança e um futuro. Se está em Teus planos que eu curse a faculdade de letras espanhol ou letras inglês na Universidade Tuiuti a partir do ano 2000, a fim de chegar onde tens me chamado e me atraído desde que colocaste este desejo missionário em meu coração, em nome do Senhor Jesus, o Cristo, de Nazaré, levanta esses R$ 90,00 e possibilita minha inscrição até a próxima quinta feira, dia 15 de julho de 1999. Está em Tuas mãos, porque sem Ti eu nada poderei fazer. Olha em favor da Tua serva e glorifica o Teu nome como bem Te aprouver. Louvado seja o Teu santo nome.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

A vida

Às vezes é preciso esperar
Prá notar que se está vivendo;
Às vezes é preciso viver
Mesmo que se deseje a morte.

A espera vale a pena
Traz muitas alegrias
Ainda que tardias.

A vida vale a pena
Quando se é vivida
Num sentido justo e verdadeiro
Sem medo da morte
Sem medo da vida
Sem medo da espera (e da própria lida).

Surpresas não existem
A vida é, em si, inesperada,
Não se prevê nada, só se vive
Esperando
Vivendo
Às vezes morrendo
Mas sempre vivendo
Até a chegada da morte
Que não é triste, é lucro,
É vida!

No fim dá tudo na mesma:
Vida por vida
Vida por morte;
Surpresas na vida
Surpresas na morte;
A espera é longa
A recompensa é certa
Mas mas escolhas...
Bem, as escolhas nem tanto!

(By Lioness, outubro de 1999)

O Ministério da Saúde Adverte:


Conforto engorda.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Ao professor

Paciência
Respeito
Orientação
Felicidade
Educação - Este é o seu caminho!
Sofrimento
Sabedoria
Obrigação
Rispidez

(By Lioness, outubro de 1999)

CANSEI!!!


07/07/99
Cansei, Paizinho, de sofrer calada, esperar sentada, desesperar angustiada...
Cansei de perder as esperanças, trabalhar de graça e ainda ouvir cobranças, só cobranças, de todos os lados.
O pai cobra tudo o que faz e paga, cobra organização, reconhecimento; o pastor/diretor da escola cobra serviço, postura, conhecimento;
A L. cobra presença;
O pastor A. cobra participação;
A mãe cobra aqui, cobra ali,...
E eu aqui, sem receber nem esperança de receber um salário que seja, sem poder responder, sem lembrar o que fazer, a chorar, a esperar, a desesperar...
Ah, e aquelas crianças...o que dá prá passar a elas? Como ensiná-las a ler? O magistério é um pedaço de papel que de nada me serve agora, apenas uma coisa a mais para o Pr. B. (diretor da escola) vir a cobrar.
Aí meu quarto aparece virado, o pai desmontou o guarda roupa e montou outro. Mudaram os outros móveis de lugar, tudo o mais foi tirado (apostilas, livros, fitas, roupas, bichos de pelúcia, papéis, trabalhos, cadernos, pastas, cartazes, caixas, jogos, remédios, etc.) e empilhado no chão do corredor, fora do quarto.
Eu chego cansada, toda dolorida (inclusive a cabeça) e cheirando a xixi (uma criança “premiada” sentou no meu colo). Fico chateada com a bagunça, a confusão, tento elogiar mas, só porque não consegui disfarçar, sou taxada de ingrata, desaforada e ainda ouço de quebra que não sou organizada. O pai e a mãe resolvem mandar no pedaço, e eu tenho vontade de sumir.
Chorei, a mãe veio perguntar o porquê, mas não quis desabafar. Definitivamente, ela não saberia me ouvir como amiga, só como mãe, e de mais cobranças acho que não preciso.
Jesus, eu sei que sou uma burra, que não mereço Tua misericórdia, mas estou me sentindo tão mal...
É exatamente o que me disseste hoje pela manhã; Tu sabes todas as coisas, louvado seja o Teu verdadeiro nome.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Salvação

A luz brilhou
Fui salva
Do poder da morte
Da sombra
E da escuridão;
Fui liberta
O sol raiou
E minh’alma antes cansada
Agora vive renovada.

Onde está o choro de tristeza e dor?
O sono veio
O pesar se foi,
Fui perdoada,
Justificada
Por Aquele que não morre jamais,
Que sofreu mais do que eu
E venceu.

Estou limpa, e viva
Cicatrizada,
E desejo o céu;
Volto a viver,
Volto a sentir,
Anestesiada,
Aguardando,
Ansiando,
A chegada de um Reino,
O Reino de Deus.

Sou amada
E desejo amar
E viver (ou morrer)
Somente Àquele
Por quem fui chamada.

(By Lioness, outubro de 1999)

Confronto com minhas limitações


02/07/99
Pai, tem misericórdia de mim, este trabalho está-me parecendo um desafio maior do que o esperado, e não vejo como o possa suportar.
Tu me conheces melhor do que eu a mim, e sabes realmente qual o meu limite, por amor do Teu nome, glorifica-o através da minha vida, na Escola Batista, em meio àquelas crianças.
Dá-me criatividade, disciplina e sabedoria do alto para dominar, entreter e ensinar cada criança, em nome de Jesus, meu Salvador e Senhor.
Ensina-me, Pai, pois não sei o que fazer. Ajuda-me, por Tua infinita misericórdia e Teu supremo amor. Socorre-me nesta colônia de férias, ou não poderei aguentar pacientemente... És a minha esperança, em Ti confio!
Ah, Paizinho, muito obrigada, obrigada mesmo, pelo dia gratificante com as crianças.
Aleluia! És fiel! Louvado seja o Teu majestoso nome!


04/07/99
Deus de misericórdias, pequei, e não tenho desculpas para justificar-me. Perdoa-me, Criador, pois não me formaste para tal fim, antes deste-me um pensar, um escolher acima de meus instintos, e um propósito definidamente santo em glorificar-Te para o resto dos meus dias. Cristo, o Filho de Davi, supremo Senhor ressurreto, derramou o sangue da nova aliança, ao qual agora clamo para a minha justificação.
És Senhor, sou limitada, és Rei, sou serva, és Pai, sou filha desobediente e cheia de contradições.
Louvado seja o Teu magnífico nome sobre toda a terra. Que os povos, nações, raças e línguas Te louvem perpetuamente. Que toda a terra se encha do conhecimento da glória do Senhor tanto como as águas cobrem o mar.
Que o Teu Espírito Santo de glória e de poder clame e transforme definitivamente o coração do meu pai. Dá-lhe um novo sentido, ânimo e um reconhecimento novo da Tua vontade e ação sobre a sua vida. Que a mãe seja completamente saciada da Tua justiça, do Teu amor, da Tua Palavra.
Leva, Senhor, o R. e a . para um caminho de amor e aceitação mútua, segundo a Tua Palavra que é eterna. Dá-Te a conhecer à G. de maneira que, quando crescer, não se desvie do Teu conhecimento.
Renova a Igreja Evangélica M.S.. Fortalece, Senhor, o Pr. A. e toda a liderança. Dá-lhes um coração atento ao primeiro amor e à Tua vontade expressa, principalmente, na Tua Palavra. Que barreiras se quebrem, picuinhas se desfaçam, e prossigamos para o alvo, o qual estabeleceste para este corpo local.
Tudo o que sou, tudo o que tenho, tudo o que posso fazer, que as palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam sempre agradáveis na Tua presença, oh, Senhor.

O que fiz com minha geladeira



Olá!


Bem, como todos sabem (pelo menos todos os que acompanham meu blog), em fevereiro mudei para uma casa alugada. Meu pai comprou uma geladeira usada para mim e me deu de presente.


A geladeira era de um bar que foi desmontado, por isso tinha um adesivão de uma lata de refrigerante na porta.


Comprei trocentos produtos indicados por trocentas pessoas, a fim de tentar tirar o bendito do adesivo da porta da geladeira. Nada funcionou como se esperava.


Então, num dia de muita inspiração, peguei um pano com álcool, um canivete e fui tirando pedacinho por pedacinho, para não riscar.


Depois de feito o serviço (que durou mais ou menos uma hora), coloquei um papel contact craquelado transparente com verde musgo na porta, e meu pai, que é marceneiro, quando viu disse que parecia uma geladeira nova - tomei como elogio, porque dele geralmente vem bomba.


Então estão aí as fotos. Uma de quando mudei, com a geladeira e o adesivão e outra deste mês, como ela está atualmente com o papel contact.


Uma trabalheira, mas valeu a pena.

Sonho

Sonhei esta noite
Com a volta do meu Senhor.
Sonhei que Ele veio e destruiu
Todos os meus inimigos.

Duas meninas foram marcadas,
Duas que eu conhecia
Com a marca da besta
Na testa e nas mãos.

Tentei falar-lhes,
Não consegui,
Uma delas se arrependeu,
A outra ficou.

Foi a aliança que nos salvou,
O Arco de Deus apareceu
E num prisma se espalhou.
A todos os meus inimigos venceu,
E a minha vidaPara junto de Si levou.

(By Lioness, outubro de 2000)

Dúvida cruel


20/10/99
Como poderei pedir como o sábio, para que me julgues conforme a integridade que há em mim, se em mim não há bem algum?

Mulheres, sexo forte


Incrível, um filme em que os homens não aparecem (literalmente), e é um show.

Até me inspirei e fiz um quadro/mural intitulado "What do I want?" na minha parede, com recortes, que ficou excepcional.


Não deixem de ver esse resumo do universo feminino.


Sinopse

Aparentemente Mary Haines (Meg Ryan) leva uma vida perfeita: possui uma linda casa em Connecticut, uma filha de 12 anos, um marido bem-sucedido em Wall Street e uma carreira como designer na loja de roupas de seu pai. Para dar conta também de seus afazeres de casa ela conta com a ajuda da governanta Maggie (Cloris Leachman) e da babá Uta (Tilly Scott Pederson). Sua melhor amiga é Sylvia Fowler (Annette Bening), uma especialista em moda que está no auge da carreira e feliz por estar sozinha. Edie Cohen (Debra Messing), uma grande mãe coruja de seus filhos e também das amigas, e Alex Fisher (Jada Pinkett Smith), uma bem-humorada lésbica que tem o dom de falar o que ninguém espera ouvir, também pertencem ao círculo de amizades de Mary e Sylvia. Juntas elas enfrentam as felicidades e problemas da vida.

Obrigada

Muito obrigada, por ter me confortado
Em tantas noites, quando chorei,
Teu amor foi tão sincero,
Por isso hoje espero.
Sei que um dia
Face a face vou te ver.

(By Lioness, outubro de 2000)

Ouvir tua voz


17/10/99
Nada mudou. A L. continua lá, ressentida, eu continuo aqui, confusa. Não sei o que fazer, com ninguém, em nenhuma situação. Sou tão inútil...
Voltamos ao mesmo ponto. Desse jeito ambos cansaremos, Pai! O Senhor de maneira a não dar mais ouvidos às minhas petições, e eu no sentido de não mais ter como falar contigo pois não devo mentir.
Reconheço, Deus glorioso, que o fato de eu não ter passado da ALEM para adiante foi Teu golpe de misericórdia a fim de que eu não fosse mais uma a se arrebentar no campo missionário sem um pré-tratamento.
Mas a situação com a A. me incomoda, assim como os papos com o V., minhas aulas, o discipulado e a família da T., a faculdade, as escolhas, a missão...
Tenho me PRÉocupado demais; fico ansiosa, confusa, perdida.
Fora todo o peso de responsabilidade de andar como Tu andaste, de viver na luz 24 horas por dia, de ser sal, de fazer a diferença.
Que é isso, Deus?
Ser escrava do pecado não me dava vida, nem esperança. Ser Tua escrava me dá isso e tudo o mais. A vida completa, penso eu, acaba preenchendo o vazio por todos os lados, em atividades, tropeços, lutas, perseguições, escolhas, resultados, vitórias, etc.
Ouvir Tua voz... é o desejo da minh’alma. A voz que acalma as tempestades, que chama ao arrependimento, que cura os enfermos, que alivia os cansados, que dirige os perdidos, que aconselha os sábios, a voz que não mente, que não dói, não fere. A voz que é espada de dois gumes, que desnuda, traz à tona, à luz, a voz que julga, que ama, que dá paz.
Tua voz, oh, Deus, é por ela que busca a minha vida. Nela todos os questionamentos são nulos. Por ela vive a minh’alma. Por ela espera o meu coração.
Atende, oh, Senhor, este pedido. Deixa-me ouvir-Te. Sei que por uma só palavra Tua serei salva do medo, da angústia, da confusão.
Se proferires uma única palavra, e por Tuas misericórdias abrires os meus ouvidos espirituais, coberta pelo Teu sangue, Jesus, ouvirei a Ti, e a ninguém mais, e serei liberta das cadeias, sim, as circunstâncias não mais me prenderão. Sou Tua, somente Tua, fala, oh, Espírito de Deus. Sopra sobre a minha vida, não me deixes faltar em Te glorificar; cala, oh voz da minh’alma, ouça quem te criou. Ouça a voz do Rei da glória, o Senhor forte e Poderoso para te guiar.
Espíritos de escuridão, maldade e engano, todos os demônios, calem-se, na autoridade do nome de Jesus, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, que veio em carne e venceu a morte. Calem-se todos, em nome de Jesus, e se curvem à presença dAquele que que tem um nome que está acima de todo nome!
Os céus dos céus não podem Te conter.
Infindáveis são os Teus pensamentos.
És Deus, e não há outro. O silêncio proclama Tua santidade, no isolamento mostras que Tu és Deus.

Sensibilidade

Antes eu te olhava com meus olhos
E via
Apenas um, entre tantos
Tão iguais.

Insensibilidade, pesar,
Tristeza, distância,
E um vazio.

Até que entreguei
Meus olhos a Deus
E pedi-Lhe
Os Seus.

E, em meio às Suas respostas
Ele me falou de você
Então, como que pela primeira vez,
Te olhei, e vi como Deus te vê.

E você, antes tão distante,
Pareceu-me próximo, perto,
Acessível, disponível,
Tão sensível,
E vi, então,
Que Deus responde
Quando O buscamos de coração
E que você, tão querido,
Tão amigo,
Está acima de toda comparação.

(By Lioness, para R. – jul/00)

Perguntas...


16/10/99
Ah, meu Pai, quando paro prá pensar em todas as perguntas que meu coração anda fazendo, em todos os problemas que, penso eu, tenho de resolver e, de todos os caminhos, qual escolher, me vejo sem saída, sem sabedoria, sem capacidade, sem ter como fazer.
Primeiro é a escola, as crianças, como amá-las e ensiná-las de maneira eficaz?
Depois tem a L., como encontrar amigos verdadeiros prá ela, ser irmã presente sem descuidar dos outros e da missão, quando ela será curada?
Também tem o pai, que vez ou outra me xinga e me põe sem saída, acusando-me de irresponsável.
E a igreja? Tem a célula, que está tão sem vida, sem razão de ser, e eu sem vontade de vivê-la.
A T., puxa, tá indo de vento em popa, mas tem sua família que é uma luta só.
E a minha vida emocional – se é que isso pode se chamar de vida – totalmente desestruturada, inconsequente e machucada, o que influencia (e muito) em todas as decisões da minha vida.
Não sei mais nem quando estou vivendo uma ilusão ou a coisa é real mesmo. Às vezes quero não acreditar para não mais sair machucada (mais ainda), principalmente com relação ao V., que me ligou duas vezes hoje e só nos falamos na segunda vez.
Ele contou que seu último relacionamento foi à distância, pela internet e por telefone. Disse que sou bonita e que ele prefere as ruivas no relacionamento. Ficou interessado no meu passado, mas me senti estranha e desconfortável.
Eu tenho medo, meu Deus, e reconheço que tenho uma atitude completamente egocêntrica, egoísta ao achar que tudo o que acontece de errado à minha volta é culpa minha, e de que eu tenho sempre que fazer algo em relação a tudo.
O Pr. W. acertou em cheio quando me disse hoje que sem mim a vida continua, e os problemas se resolvem.
Principalmente em relação à L., não sei se tenho que fazer algo, por isso coloco esta situação em Tuas mãos, que são santas, justas e compassivas.
Só Tu sabes o que fazer (ou não fazer), e como.
Meus problemas de saúde, não creio que sejam obra do acaso (como tudo o mais não é). Só Tu o sabes...
Meus caminhos são tão limitados, meus passos inseguros, minha voz tão falha. Vacilo a cada curva que a estrada faz, sinto medo, sou tão incapaz. Me vejo a vagar sem respostas, buscando Tua face, desejando Te conhecer...
Penso que minha realização se resume nisso: Te conhecer e Te amar.
Pena que exista a dor, o ressentimento, a mágoa, as lágrimas e o pesar. Tudo vem para abafar, apagar a chama do amor frente aos nossos olhos.
E o que nos faz ficar em pé é o amor que não morre jamais, Tu mesmo, YHWH, meu Senhor, o Deus Eterno, Deus de Abraham, Isaac e Israel, o Pai das luzes em quem há salvação, que enviou Seu Filho para dar sentido à Sua personalidade de amor.
Como andar como Ele andou?
Como andar na luz?
Como ser a irmã que a L. precisa que eu seja, ser a professora que aquelas crianças precisam? Como ser a filha que meus pais desejam? Como viver acima da mediocridade e da hipocrisia? Como servir às autoridades da mesma maneira que a Cristo? Como não me deixar iludir pela conversa do V.? Como deixar de ter medo de viver, de amar, de sonhar? Como descobrir Tua soberana vontade para as escolhas da minha vida? Me diz, por favor, me diz...

Renovo

Hoje acordei diferente
Vontade de mudar,
Levantar a cabeça
Ouvir menos o coração, mais a mente.

Dia novo, novas atividades
Quero parar de fazer comparação
Despertar-me para a realidade
E entregar-me completamente em Tuas mãos.

Perdoa-me, Pai, a inconstância
Mal a que me submeti;
De Tua Palavra quero ter observância
E não mais me separar de Ti.

Louvado seja o Teu nome santo
Bendito sejas Tu, Jesus;
A Ti seja minha, meu canto,
E proclamar, quero, ao mundo Tua luz.

(By Lioness, junho 2000)

Pensamento


10/10/99

Para aqueles que trabalham para Deus, basta o privilégio de um dia O haver conhecido.

Muito barulho por nada


“Sigh no more, ladies
Sigh no more.
Men were deceivers ever,
One foot in sea
And one on shore,
To one thing constant never,
Then sigh not so
But let them go
And be you blithe and bonny,
Converting all your sounds of woe
Into hey nonny, nonny![1]

Não suspirem mais, damas,
Não suspirem mais,
Os homens sempre foram impostores,
Um pé no mar
E outro na praia
Nunca constantes em nada.
Então não suspirem mais
Deixem-nos partir
E sintam-se felizes e bonitas
Transformando todos os seus lamentos
Em um grito de alegria, alegria!

Não cantem mais cantigas
Não cantem mais
Sobre coisas mesquinhas e vis
A traição dos homens
Sempre existiu
Desde que as primeiras folhas
Apareceram.
Então não suspirem mais
Deixem-nos partir
E sintam-se felizes e bonitas
Transformando todos os seus lamentos
Em um grito de alegria, alegria!(...)

Aquele que tem barba
É mais que um rapaz
E o que não tem
É menos que um homem.
Sendo mais que um rapaz não me serve
E sendo menos que um homem
Não lhe sirvo eu. (...)

O sarcasmo e sentenças
lançadas pelo cérebro
poderão nos intimidar
da rota traçada pelol
temperamento? (...)

Morta por línguas caluniadoras
Foi Hero, que aqui jaz.
A morte como recompensa
Por seus pecados
Dá a ela a reputação
Que não morre jamais.
Assim, a vida que morreu com desonra
Vive na morte
Com gloriosa reputação.

Perdoa, deusa da noite
Aqueles que mataram tua virgem
Pois eles com canções de pesar
Andam ao redordo túmulo dela.
Meia-noite dá ouvidos
Ao nosso lamento
Ajuda-nos a suspirar e gemer
Pesadamente
Pesadamente
Pesadamente. (...)

Sirva a Deus
Ame-me
E recupere-se. (...)

O homem é uma criatura inconstante.”

Legenda do Filme: “Muito barulho por nada”, baseado na peça de William Shakespeare, com Emma Thompson.

África no coração

Como um sonho, uma visão
Fogo ao fundo, destruição,
Algo aconteceu – abalou o mundo
Uma cruz fincada na terra – salvação.

Mãos acorrentadas agora estão livres,
Mãos livres, destruidoras, são presas,
Uma reviravolta no curso da história
E as chamas da liberdade são
Divinamente acesas.

O inferno é acorrentado,
O Rei Jesus tem nas mãos as chaves
Do céu, do inferno e da morte,
E nós, o mundo.

Queima em mim, Senhor,
Tua chama, Teu fogo, Tua paixão,
Que eu ouça Tua voz somente
A gritar em alto e bom som:
ÁFRICA NO CORAÇÃO!

(By Lioness, junho 2000)

Eu e minha boca grande


07/10/99
Pai, estou me sentindo estranha, errada, fora do lugar.
Não sei o que aconteceu, nem exatamente onde está o erro, mas sei das coisas erradas que fiz depois que o suposto aconteceu.
Perdoa-me, Pai, pela língua sem freio de ontem, pelo que eu disse às crianças (inclusive ao M.) e que não devia ter dito. Não foi só o que eu disse, mas, principalmente COMO eu disse. O fato de eu andar nervosa não me destitui da responsabilidade de assumir meus erros. Não posso justificar-me. Só Tu o podes fazer. Assim como também só Tu podes fazer de mim uma bênção para aquelas crianças e para todas as outras crianças que me rodeiam.
Tem misericórdia de mim e perdoa-me por não refrear minha língua ao demonstrar que sou dona da situação.
Eu não sou nada. Ajuda-me a viver e a morrer fazendo somente a Tua vontade.
Em nome de Jesus.

Vida, só em Jesus!


01/10/99
Louvado sejas, oh, Deus, em minha vida, enquanto eu viver e por toda a eternidade. Obrigada, Pai, por este dia, pela Tua rica misericórdia e pela segurança que posso ter em Ti.
Que todo pensamento que não procede de Ti, seja ele humano, carnal ou maligno, se retire, em nome de Jesus.
Eu Te entrego minhas tristezas e alegrias destes últimos dias e só Te peço duas coisas: dá-me (continua dando-me) sabedoria do alto para enfrentar o dia-a-dia de maneira a só trazer glórias a Ti; e ajuda-me, apontando-me o caminho, a fim de que eu realize somente a Tua vontade mesmo que, em determinadas situações, ela não seja igual à minha.
Eu te peço, em nome de Teu Filho Jesus, o Caminho, a Verdade e a Vida (cf. João 14:6).

03/10/99
Acheguemo-nos a Jesus! Este é o nosso propósito de vida!

O que significa ser um Homo Sapiens?

Recebi o prêmio Lemniscata da querida Hazel http://casaclaridade.blogspot.com/

Obrigada, amiga!




As regras do Prémio Lemniscata:
1. Expôr o selo no seu blog e atribuí-lo a 7 outros blogs que considere merecedores.

2. O premiado deverá responder à pergunta: O que significa para si ser um Homo sapiens?





Nomeio para receber este prêmio os seguintes blogs:
1. SGI/Sônia - http://milpassosparaalgumlugar.blogspot.com/
2. Peixe - http://diariodeumpeixe.blogspot.com/
3. C. Maurício - http://ometafisico.blogspot.com/
4. Captain Forr - http://captainforr.blogspot.com/
5. Lúcia - http://lucia-inthesky.blogspot.com/
6. - http://claustroliberto.blogspot.com/
7. - http://jesusmaioramor.blogspot.com/

Bem, para mim, um verdadeiro Homo Sapiens é aquele criado à imagem de Deus. Portanto, é um espírito, tem uma alma e habita num corpo físico. - Gênesis 1:26-28
Por causa do pecado, perdemos nossa identidade e propósito neste mundo, e deixamos de ser o que verdadeiramente fomos criados para ser. - Isaías 59:2; Romanos 3:23; 6:23
Jesus Cristo é Deus que veio em carne para morrer e pagar o preço que nós merecíamos pagar por consequência dos nossos pecados.
Assim, agora somos plenamente capacitados a ser Homo Sapiens, como Deus planejou de antemão que fôssemos.
Quem crer e seguir a Jesus Cristo recebe o direito de ser chamado filho de Deus. - João 1:12
O verdadeiro Homo Sapiens é santo como Deus também é santo (1 Pedro 1:15,16), i.e., separado de tudo o que desagrada a Deus, vive pela Palavra de Deus (Mateus 4:4, João 4:34; 17:17) e foge do mau.

Bem querer

Pensamentos
Sentimentos
Acontecimentos;
Tudo isso envolve
Meu coração;
Você não me sai
Da mente
Em nenhum
Momento;
Desde já temo
A dor
Da decepção.
Cada vez mais perto
Você parece estar
De mim, de tudo
O que vejo, o que toco
Apesar da distância
Que você mantém
- vou enlouquecer –
É o que não deixo
De pensar
Mas lutar contra
O que estou sentindo
Penso que não posso...
(ou não quero?)

(By Lioness - abril de 2000)

Como o grão de trigo


26/09/99
Se não morrermos para os nossos próprios interesses, nos será impossível produzirmos qualquer fruto. Mas, como o grão de trigo morre a fim de frutificar, morramos também nós, com nossos direitos, nossos prazeres e vontades, nossos planos e pensamentos, entreguemo-nos a fazer a vontade de Deus, obedecendo-o, para que venhamos a produzir frutos de arrependimento para a glória do nosso Senhor.

30/09/99
Querido Deus:
Louvado para sempre seja o Teu Santo nome em todo lugar. Grande é o Senhor, digno de louvor.
Muito obrigada por este novo dia, pela Tua misericórdia e Teu amor.
Minhas preocupações eu entrego em Tuas mãos: a faculdade, o cursinho, o dinheiro, os remédios, o casaco, o pai, a L.(e a G. e o R.), os bordados, as crianças, as aulas, o emprego, a missão, a Igreja, os discipulados, a célula, a IEB, meus amigos, parentes e familiares.
Nada disso, sei, deve ser mais importante que Teu relacionamento comigo; quero viver segundo esta verdade, ajuda-me, pelo Teu Santo Espírito de amor que em mim habita.
Desejo fazer Tua vontade, Te amar, Te agradar, prá sempre Te louvar onde quer que eu esteja.

Cria em mim, oh, Deus, um coração puro, e renova um espírito reto em mim.”
(Salmo 51:10).

À noite...
Obrigada, Paizinho, muito obrigada, pelo dia MARAVILHOSO que me deste, não sem dificuldades, mas muitas vitórias, uma paz indescritível e uma alegria sem medida.
Grande é o Senhor, aleluia! Só o Senhor é Deus, e eu me alegro em poder ser Tua, somente Tua, e desejo continuar sendo Tua, crendo em Ti, prá sempre.O que Deus pede de mim é o melhor para mim!

Só para gente legal


A SGI/Sônia (http://milpassosparaalgumlugar.blogspot.com/ )é uma pessoa muito legal!

No blog dela tem uma história de como ela lidou com uma situação difícil mas ainda assim conseguiu contornar tudo e sair no maior bom humor. Por minha admiração, publico o selinho dela aqui, e o ofereço a toda a gente legal que comenta aqui no blog.

Um abraço.

Orfélia

Mulher difícil essa tal de Orfélia
Voz de sereia
Gênio de dragão
Vivia a cantar
Os homens? Não, os homens não.
Eles é que a cantavam
Mas Orfélia cantava para o sol
Deixando-os de cara no chão.

Até que um belo dia
O sol de Orfélia apareceu
Eurico, pobre rapaz,
Mais pobre que ele
Jamais se viu.

Orfélia, então, o cantou,
Eurico quase cedeu,
Sem medo ela se apaixonou
Fugindo ele se perdeu.

Orfélia se desesperou:
‘Onde estás, meu amor?
Atrás de ti ao inferno irei
E onde mais, se necessário for.’

Eurico ía prá mais longe
Não olhava nem para trás
Queria se livrar da mefistotélica figura
Que se aproximava cada vez mais.

Orfélia, por sua vez,
Não pensava, gritava apenas:
‘- Não sou Orfélia, sou Eurico
Onde poderia eu esconder-me?’

Só que os homens se revoltaram
Acharam Eurico, o mataram
E o seu corpo mumificaram.
Orfélia não mais cantou
Até que a todos eles matou
E a música que de sua boca saiu
A Eurico ressuscitou.

O amor que deles nasceu
Nunca mais se apagou
Contam de um tal de Orfeu
Que, com sua voz, a Eurídice conquistou.
Mas, tudo não passa de mera coincidência
Pois as coisas que mais enganam
São as aparências.

(By Lioness - março de 2000 - Alusão ao mito grego de “Orfeu”.)

Luz no fim do túnel


22/09/99
Uma luz apareceu no fim do túnel, com relação aos estudos, quando comecei a fazer superintensivo à noite, a fim de preparar-me para meu primeiro vestibular. Os dias passaram corridos, e no fim do ano pedi demissão desse emprego que só teve uma única vantagem: Pagou o meu cursinho de um mês. O resto foi só arrependimento.

23/09/99
Querido Deus:
Hoje é um dia diferente, principalmente porque daqui há uma semana estarei arrumando minhas coisas no serviço e me mandando.
Sinceramente não tenho certeza ainda de que esta é a Tua vontade, e Te peço por confirmação, caso eu tenha de voltar atrás. Não consegui discernir se o meu gesto foi carnal em sua totalidade ou fui movida pelo Teu Santo Espírito. Só sei que Tu conheces meu coração, e sabes que não desejo desagradar-Te. Aí aconteceu tudo, e eu não sei se sou digna de perdão ou não. Só sei que agora sobrou tempo, e continua faltando dinheiro, mas acho que ficarei mais calma (um pouco só). O A., quando não inventa de encher minha cabeça de idéias revolucionárias, é uma pessoa com muita compaixão, a L., então, nem se fala! Obrigado pela vida deles.
Muito obrigada, também, pelo pai e pela mãe, que estão segurando essa comigo. Faço minhas as palavras do pai, só que puxando para o lado oposto: se queres que eu faça faculdade de letras, ou qualquer outra coisa, sei que me ajudarás, pois não desamparas os Teus servos, e ages com misericórdia renovada.
Mesmo que eu me sinta desamparada e não consiga entrar numa faculdade, louvado seja o Teu Santo nome, e glorifica-O em minha vida, endireita as minhas veredas, para que eu só realize a Tua vontade.
Perdoa-me, Senhor, por agir por impulso. Acabou, e eu tenho quase certeza de que não levarei muita coisa disso.
Só não Te esqueças da L.. Abre para ela uma porta fora dali, pois Tu sabes o quanto ela necessita para viver. Eu Te peço, Senhor, por Jesus, por Teu Santo Espírito que habita em mim, pelas Tuas misericórdias, e pelo fato da fé, que tira de foco meus atos para justificar-me.
Tu és meu Senhor, e eu sou Tua filha. Necessito tão somente de Tua direção para viver, em nome de Jesus.

Importante:

C O M P A R A Ç Ã O
C O M P A R A Ç Ã O
C O M P A R A Ç Ã O

MATA!!!
Lioness - Março/2000

O ministério da saúde adverte:


Potência não é nada sem controle!

O toque

O toque
O olhar
Um elogio
Pertencer a alguém
Necessitar disso
Compartilhar.

(By Lioness - março de 2000)

Administrando o tempo


13/09/99
1º ) Quando não controlo o tempo, tenho a tendência de aplicá-lo em áreas nas quais sou mais deficiente;
2º ) Quando não controlo meu tempo, posso deixar que as pessoas mais dominadoras do meu círculo de amizades assumam o controle dele;
3º ) Quando não controlo o tempo, perco-o para todas as emergências.
4º ) Quando não controlo o tempo, acabo aplicando-o em atividades que buscam o reconhecimento público.


Oh, Deus, e agora?
Estou sem dinheiro (ainda não recebi meu pagamento de agosto), descobri que sou impelida (não chamada) e muito desorganizada com relação ao tempo.
Ainda tenho o pressentimento que descobrirei coisas piores...
Mas, se estás por trás de tudo isso, a fim de cumprires Teus justos propósitos em mim e através da minha vida, que se cumpra em mim a vontade do Senhor.

14/09/99
O sentido exato de ser missionário é: EU SOU DELE E ELE ESTÁ REALIZANDO A SUA OBRA ATRAVÉS DE MIM.

15/09/99
Treinar a mente para observar e apreciar as mensagens que Deus registrou na criação.
É muito fácil fugir das atividades de rotina, dos serviços mais sem graça, para me dedicar apenas aos mais empolgantes que aparecem. Mas o fato é que a maior parte de nossa vida é constituída de rotina. Estudar é uma tarefa árdua, e interrupções, muitas vezes, perturbam a fluência do ritmo mental. É fácil reconhecer os que gostam de estudar, de qualquer idade, pois, são os que estão fazendo anotações.

Poder ver

Na verdade
O que vemos?
O que não vemos
É o que tememos
O que perdemos
Ao não sabermos
O que vemos
E o que não vemos.
Saber ver
É o segredo
Mesmo quando não se pode ver;
Mas saber
Como e quando se ver.
Poder ver...
É uma dádiva,
Um presente de Deus.
Maior presente, porém,
É enxergar o que se vê
Valorizar
Amar
Querer ver
E acontecer.
Isto, sim,
É um verdadeiro milagre.
Ver e ser visto.
Porque só podemos amar
O que podemos ver
Com a alma e o coração.

(By Lioness - março de 2000)

Dias de TPM


09/09/99
O Senhor é bom, e a Sua misericórdia dura para sempre!
Obrigada, Paizinho, pelo dia sem cólicas, pela paciência que me deste, por essas crianças e pela chuva, ah, a chuva de que tanta falta senti!
A vida ainda está longe de ser fácil, mas a Tua paz não tem preço, e Te sou grata por tê-la me dado.
Eu Te amo, meu Deus; que todos os meus planos e objetivos estejam sujeitos à Tua vontade. Em nome de Jesus...

12/09/99
Without him we can do nothing!

Viver, viver
Simplesmente?
Sonhar, vencer
Coerente?
Caminhar e ser luz
Ser temente?
Qual o caminho, meu Deus,
Neste mundo indecente?

A nossa tarefa é levar as pessoas a reconhecerem a imensidão do amor de Deus.

Um mundo sem escrita

Um mundo sem escrita seria...
Não, não seria,
Não sei como existiria.
Sem marcas a deixar,
Sem bilhetes a mandar.
O caos ou a liberdade,
Loucura ou sanidade?
Sem papel e uma caneta
Sem registro de validade,
Penso que tudo perderia o sentido
Sem nada deixar à posteridade.
História, comunicação à distância,
Que meios existiriam
Para aliviar-nos nessa questão?
Num mundo sem escrita
Faltaria cérebro para tantas leis
(as necessárias à sobrevivência comunitária),
E sobraria aquele suspiro singular
No final de uma breve inspiração:
‘- Puxa, como é que começava, mesmo?’
E aquela declaração de amor
De que a amada exige repetição
Depois de trinta anos de pia e fogão?
E para finalizar
O que dizer, então,
De ônibus e aviões
Sem rota definida a vagar,
(caso o transporte coletivo exista sem escrita –
Difícil de acreditar)?
Uma vantagem encontrei
Nesse mundo sem letras, sem lei:
Nesse caso eu me livraria
De estar onde estou neste dia
E, portanto,
Nem esse texto
Eu escreveria...

By Lioness – mar/00

Limites


07/09/99
Ah, Pai, eu pequei, e de maneira alguma, por merecimento, posso ser chamada Tua Filha.
Tem misericórdia de mim, Jesus, Filho de Davi. Pelo Teu sangue clamo, a fim de ter a maldade do meu pecado perdoada.
Meu ser eu coloco diante de Ti, sem reservas ou preconceitos.
Tu sabes todas as coisas, sabes que eu Te amo, e desejo a Tua vontade realizar. Por isso, nessa manhã, coloco diante de Ti meus planos para a passagem do ano novo. Sabes que, no fundo, não desejo estar com a L., o R., a G., a L., o N. e o J. São famílias, não tenho nada a ver com a realidade deles.
Mesmo assim busco Tua vontade, pela renovação do meu entendimento, e peço-Te ao Teu Santo Espírito de amor que me guies em toda a verdade para que isso venha a acontecer.
Em nome de Jesus, o Cristo, que veio em carne e venceu a morte, se é da Tua vontade que eu não passe a virada do ano com a L. e todos os citados anteriormente, dá-me a chance clara para cancelar minha presença neste evento para ela. Sei o quanto ela ficará chateada, mas é tão estranho quando fico aqui na casa dela, vendo discussões entre os dois, gritos da G. e eu sem poder fazer pequenas coisas de que gosto só porque ela não acha “útil” ou produtivo.
Caso contrário, dá-me paciência do alto a fim de tudo realizar com alegria; tudo com um único propósito: glorificar o Teu santo nome, indo ou ficando, que seja feita a vontade do Senhor.

POR QUE NASCEM BEBÊS RUIVOS?


Depois do bebé nascer, o pai, aflito, foi falar com o obstetra.

"Senhor doutor, estou muito preocupado porque a minha filha nasceu com cabelos ruivos. Não pode ser minha!"

"Que disparate!" disse o médico. "Mesmo que tu a tua mulher ambos tiverem cabelo preto, podem ter cabelos ruivos nos genes da vossa família."

"Não é possível!" insistiu o pai. "Ambas as nossas famílias têm tido cabelos pretos há muitas gerações."

"Bem," disse o médico "tenho de perguntar...

Com que frequência tu e a tua mulher praticam sexo?"

O homem, envergonhado, respondeu:

"Este ano tenho andado cansado de trabalhar muito. Só fizemos amor uma ou duas vezes nos últimos meses."

"Então aí está!" disse o médico confiante. "É ferrugem!"
Bom, eu posso contar esse tipo de piada, sou ruiva...

With heaven’s eyes

De repente ouço a canção
Que me pede para olhar a vida
Com os olhos divinos.
Faço, então, uma experiência
Prá ver se, realmente,
A vida vale a pena.

Vejo um sol que jamais se põe
E uma luz que nunca se apaga;
O valor de cada pessoa
Pelo que pode vir a ser
Não pelo que ainda é;
Vejo o mar como expressão de força
E a areia como de sabedoria,
Vejo maravilhas no céu e na terra
Ah, e a alegria,
Ela toma conta de mim!

Posso ver a mão de Deus
A mover montanhas de dificuldades,
Curar, dar paz, ministrar perdão,
Vejo Seu poder realizando milagres
E de esperança encher meu coração.
Vejo que, do nada, alimenta multidões
Vence superpotências que, prá Ele, o que são?

Tenho vontade de chorar, então,
Não de tristeza, mas de assombro, alegria
Emoção. Vejo agora com outros olhos
Que não sou eu
Que faz o mundo girar.

A mão que tudo pode
Que abriu o mar,
Hoje me abre os olhos
(como fez a tantos cegos)
Para que eu possa contemplar
Milagres hoje tão próximos
Singulares, que não posso deixar
(nem quero) de louvar o Santo nome
Do Deus dos Exércitos de Israel,
Meu Pai, Yah,
Meu Senhor Jesus,
Meu Santo e fiel Consolador
Por quem todas as situações
Podem, mudar.


(By Lioness, janeiro de 2000)

Obs: O poema foi escrito com base na música que faz parte da trilha sonora do longa de animação “Príncipe do Egito”, da Dreamworks.
Yah – abreviatura de Yahweh, tranliteração do nome hebraico do Deus dos judeus.

Influência


05/09/99
Assim como vives, oh, Senhor, clamo a Ti neste dia, para que afastes de mim toda a má influência e convivência que o A. me traz. A amizade que ele me oferece só tem me trazido desânimo, confusão, autopiedade, cansaço e revolta.
Não desejo mais ouvir suas lamúrias e suas idéias “revolucionárias”, cheias de independência e desprendimento (nenhum senso de compromisso).
Peço-Te sabedoria para amá-lo como amas-me, mas não mais me dar ao desprazer de ouvir o lixo que está acumulado em sua mente e em seu coração.
Tem misericórdia de mim, oh, Deus, e do A. também. O que eu gostaria é que ele, de uma vez por todas, se entregasse a Ti, e não mais mandasse me sua vida, mas que pertencesse inteiramente a Ti.
Por enquanto, o que não mais desejo, é vê-lo (ou, pelo menos, ouví-lo) novamente.
Entrego em Tuas mãos os desejos do meu coração, pois sou Tua, e não posso decidir por mim mesma a minha vida.

Entregar e descansar
É Jesus a chegar
Seu Espírito a consolar
E minh’alma sua sede saciar!

Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti.
A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre
.”
Salmo 73:25, 26

Confissão

É complicado ser quem sou
E por demais difícil dizer o que sinto
Expressar toda a rejeição
Que vem de dentro
Bem do fundo do meu ser.
Toda a minha luta
A fim de sempre vencer
E o meu constante isolamento
Se explicam por si só
Na insegurança
No medo
Da rejeição
Da solidão
E o que se vê é carência
Choro, vida de ilusão.
Deus, ao tornar-se meu Pai,
Deu-me também novo pai.
Um pai celeste que me amou
Desde o princípio,
Um pai terreno que aprende a me aceitar
Até mesmo em minhas derrotas.
Olhar para trás
Me dói muito;
Vejo fuga, vejo medo
Uma corrida contra o vento,
Buscando provas, merecimentos
Para ser aceita, ser amada,
Sem preconceitos.

Hoje, tudo o que se deve ter
Para ser bonita, amada, procurada,
É tudo o que estou longe de ser,
Sou carente, gorda, machucada
E ainda aprendendo a perder.

É tão difícil desviar o olhar
Desta dura realidade
Hoje peguei minha mente a vagar
Numa ponta de vaidade.
Retirei meus olhos da cruz
E meu coração do meu Deus;
Seu Santo Espírito entristeci.
Minha única esperança é ir a Ti
Meu Jesus
Derramando a Teus pés
As dores que ainda vivem em mim.

(By Lioness, janeiro de 2000)

Uma mentira


28/08/99
Sinto, hoje, viver uma grande mentira. Sou chamada ou impelida? E agora, Deus? O que fazer? Ou melhor, o que não fazer?
É, estou realmente vivendo em função de minhas compulsões, e não de um chamado. Devo raticar alguns atos de renúncia e abandonar conscientemente certas coisas – que tornaram-se erradas pelo fato de sua importância ser determinada por razões erradas.
Tudo me foi inútil até agora, porque desejei sempre conseguir uma forma de liderança como um meio de dominar outros, mais do que para serví-los.
E, como o apóstolo Paulo, hoje desejo cair de joelhos diante do Senhor, e receber o alívio que só Tu podes dar.
Que farei, Senhor? E o que devo deixar de fazer?
Quero ser uma pessoa comum, que ouve os outros e não se arma toda frente a uma crítica. Desejo, sim, ser chamada, não impelida a viver para Ti. Não quero achar que posso merecer Tuas bênçãos nem obter resultados por meio de esforço desgastante.
Quero descansar, e ter “meu” mundo interior completamente transformado e reformado por Ti.
É verdade, Senhor, o que eu fiz sempre sed confundiu com o que eu sou. Deus, quanto me enganei! E me desculpei, tentei justificar-me, aliviar o engano e tudo o mais...
És tão bom, tiras, num piscar de olhos, todo o fardo que procurei carregar nestes últimos anos e, como diz a música, “Tu vens e me salvas”.

Duas indicações

Bem, neste fim de semana sozinha, feriadão, tenho dois achados para compartilhar:
O GUARDIÃO DE MEMÓRIAS
Descrição:

Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro. Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu. Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar. A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas.
Editora: Sextante
Autor: KIM EDWARDS
ISBN: 9788599296141
Origem: Nacional
Ano: 2007
Edição: 1
Número de páginas: 368
Acabamento: Brochura
Formato: Médio


ANTES QUE TERMINE O DIA

Sinopse

Ian (Paul Nicholls) e Samantha (Jennifer Love Hewitt) formam um casal feliz e cheio de planos para o futuro. Enquanto Samantha busca demonstrar seu amor a todo momento, Ian procura voltar sua atenção para a carreira e os amigos. Após um dia em que tudo deu , eles terminam o namoro. Entretanto um acidente faz com que a vida deles mude de rumo. No dia seguinte Ian percebe que acordou novamente no dia anterior, tendo a chance de refazer tudo o que tinha feito antes, só que agora da forma correta.

Ficha Técnica
Título Original: If Only
Gênero: Comédia Romântica
Tempo de Duração: 92 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Inglaterra): 2004
Estúdio: BoxTV / Tapestry Films / Intermedia Films / Love Spell Entertainment / Outlaw Productions / If Only Productions Services Ltd. / Bondesen-Graup
Distribuição: Imagem Filmes
Direção: Gil Junger
Roteiro: Christina Welsh
Produção: Jill Gilbert, Jeffrey Graup, Jennifer Love Hewitt, Gil Junger, Robert F. Newmyer e Jeffrey Silver
Música: Adrian Johnston
Fotografia: Giles Nuttgens
Desenho de Produção: Joseph Bennett
Direção de Arte: Grant Armstrong e Mark Raggett
Figurino: Odile Dicks-Mireaux
Edição: William M. Anderson e Padraic McKinley

Gratidão

25/08/99

Oh, Deus, obrigado por esta cama macia,
Pois um dia não a tive
E, quem sabe, outro dia não a terei.
Obrigado pelos Teus olhos fiéis a me observar,
Acompanhar meus passos,
Meus tombos, meus devaneios.
Sinto-me observada dia-após-dia,
Mas não intimidada;
Sempre, porém, observada.
Nunca estou só.
Obrigada.
Obrigada também pelo Teu silêncio que muito me fala, me ensina, produz.
E pelas duras palavras que meu pecado traz à luz.
Hoje agradeço, amanhã revolto, mesmo assim obrigada
Pela constância que existe em Teus brios.,
E pelo amor que és e fazes acontecer.
Obrigada pela comida
Que sobe à minha boca,
Pelas mãos que a levam,
Pelo corpo que a recebe,
Por aqueles que a transformaram,
E por aqueles que a venderam.
És o início e o fim
De todas as coisas.
Ainda nem posso crer
Que Te sou amada,
Querida, fui comprada.
Me vestes, alimentas, me queres bem,
Apesar dos pesares.
És maluco, incompreensível,
O Senhor do impossível.
O Deus Santo que deu Seu Filho.
És Tu.
E eu, nem mereço a honra
De partilhar da mesma linha
Que tenta Te descrever.
A incrédula, ingrata,
Egoísta e egocêntrica,
Medrosa e insegura,
Amarga e orgulhosa,
E as reticências não têm fim
Neste período, nem em outro
Que o segue, dentro do mesmo parágrafo.
Mesmo assim colocas
Um ponto final na história
Da minha culpa e a esqueces.
Tu? A esqueces?
És impossível. Tu o és!
Esqueces que não podes esquecer-Te?
És maravilhoso,
Isso é o que Tu és!
Ignoras meus motivos, carregas-me em Tuas mãos (que são tão fiéis), alimentas-me, vestes-me, dás-me um nome (que é novo), um sentido, amas-me com amor tal que...
Ah, te sou tão indigna!
E me dás uma cama para dormir, onde lembro cada um dos benefícios que me tens dado, então começo a enumerá-los, e a agradecer-Te por cada um deles.
De repente meu coração é tocado, e lágrimas escorrem por minha face.
Falaste-me novamente, sim, Teu bom Espírito Consolador tornou a me falar. E me encheu de santo gozo e gratidão, por não aceitares apenas meus serviços em Teu Reino, mas me aceitaste de volta em Tua família, como Tua filha pródiga que nada merece de Ti.
Sei que me perdoaste, por Jesus, e me encheste com Teu Santo Espírito,
Me ungiste a cabeça com óleo, e preparaste meus pés para a obra.
O mais importante, porém, e que me fará andar segura em meio aos vales mais sombrios que eu encontrar, é o fato de que Te sou amada.
E que nada, nada há de separar-me deste Teu amor, que é eterno, santo, justo e imutável.
Oh, Deus, Pai, muito obrigada.
Há tanto o mais que agradecer-Te.
Calo-me, agora, noite adentro.
A culpa que carrego é só minha, não mais procede de Ti, é sem fundamento.
Em Teus braços me entrego para andar em Tua luz, não consigo viver sem Teu Espírito, sem Ti, meu querido Senhor Jesus.

(By Lioness)

Pequei...


18/08/99
As respostas estão na vontade de Deus!
Pai, reconheço minha incredulidade, tristeza e desânimo. Reconheço não ser mais a mesma de três a quatro semanas atrás, e que não soube lidar com as crianças e circunstâncias da vida.
Pequei, meu Pai, e desejo voltar para Ti, para o primeiro amor, ou Te amar somente, e encontrar-Te sem preconceitos, decisões, pedidos ou resoluções.
Ah, Jesus, meu Mestre, quero seguir-Te, por isso Te entrego tudo o que sou neste momento: um vil ser humano que, sei, podes transformar e usar.
Obrigada por Teus sofrimentos e morte, que me saram, justificam, ensinam.
Louvado seja o Teu único nome!

19/08/99
Ah, Senhor, muito obrigada pelo salário de ontem (que pagou o mês de julho) e das vitórias que, aos poucos, vou reconhecendo pelo caminho.
Obrigada pela Tua misericórdia e por Teu cuidado sobre a minha vida. A Ti consagro este dia, as aulas, atividades, palavras, atitudes e cada criança que vir.
Que a Tua vontade seja feita aqui na terra, em minha vida, tão perfeita como ela é feita no céu.
Em nome de Jesus...

Um momento - janeiro 2000

Hoje eu pequei
Me deseperei
Como um rei louco
Que busca auxílio em outro rei
E não em Ti
Meu Deus, meu Rei.

Me deste um presente
O que eu fiz?[1]
Eu chorei!
Me desesperei,
Não confiei
Não vigiei
Perdi tudo
Em que me apoiava
Mas não Te perdi
Meu Deus, meu Rei.

Li no Teu livro
Tentaram me derrubar
Me desesperei,
Chorei sem parar,
Prá Ti não olhei,
Estavas a falar:
“A quem enviarei?”
Fingi não escutar.

Continuei a chorar
A sentir pena de mim
Não quis nem lutar
Nem chegar até o fim.
Em silêncio fiquei
Foi então que eu ouvi:
“A quem enviarei?”
Sem hesitar respondi:
‘eis-me aqui, Senhor,
Envia-me a mim.”[2]

Me aceitaste, Senhor,
Me acolheste em amor
Em Ti me escondi
Meu coração se acalmou.
Tantas coisas há por fazer
Mas hoje não dá
Prá nada resolver,
Ajuda-me, Senhor,
Tua vontade fazer,
Mais e mais Te conhecer
E para a Tua glória viver.

(By Lioness)

Nada a perder


15/08/99
Cheguei à conclusão de que o Senhor fez a absoluta questão de tirar (ou arrancar) de mim tudo o que eu sempre mais valorizei, tudo a que me apeguei e tanto sonhei.
De repente, já não sei mais para onde vou, o chão some sob meus pés e não tenho mais o controle de meus planos.
A vida que hoje vivo, só a posso viver pela fé no Filho de Deus, porque de nada tenho prazer além dEle, e graça nenhuma acho na própria vida.
Engraçado, Deus, meu Pai, como o Senhor me deixou. Digo e repito que, já que me deixaste neste estado de vida e motivação, se desejas me usar, faze-o, nada mais importa para mim, e leva-me para onde queres. A própria missão perdeu-me o sentido, e não pode mais me ser um fim, e sim um meio. Um meio? Sim, de gloricar-Te.
Nada mais importa. Teu nome vale muito mais que qualquer plano ou tesouro. E é em Ti que desejo depositar meu coração.
Que mais eu tenho a perder? Só Tu sabes o que irá acontecer, o que farei, como farei, que caminho tomar, entre outras coisas e, agora, tudo o que sou rendo a tudo o que Tu és.
Me sinto estranha, nada parece me prender mais, nem o passado, nem o futuro, nem a missão, nem a família, nem a Igreja, nem anjos, nem demônios, nem eu mesma posso prender Tua palavra, muito menos impedir que Teu nome seja glorificado e receba a adoração que Te é devida até mesmo através da vida que me deste.
Nada mais sei. Eis aqui a Tua serva. Que se cumpra em mim a vontade do Senhor. E que se faça a Tua vontade, não a minha, para louvor e honra do Teu nome entre os povos do mundo.
Os que mais se mostram chocados com o cair de um cristão são os que mais têm sido pegos pelas amarras do diabo.

Páscoa - cordeirinhos de chocolate




Qual animal simboliza a Páscoa?




( X ) cordeiro ( ) coelho ( ) girafa ( ) hipopótamo




Segundo a Bíblia, o animal que simboliza a Páscoa é o cordeiro, pois está escrito que Jesus é:]


"...o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." - João 1:29




Por mais que se tente adequar os "ovinhos" e "coelhinhos" ao contexto desta data, a verdade é que estes símbolos nada tem a ver com o real significado da Páscoa, e só servem para tentar apagar o brilho da obra redentora de Jesus Cristo na cruz, além de confundir a cabeça dos pequeninos, afinal, coelho não bota ovos...




O problema não está em se comer chocolate, mas em se esquecer de JESUS, pois conforme 1a Coríntios 5:7 "Cristo, nossa Páscoa, foi sacrificado por nós".




Com a intenção de levar as pessoas a pensarem em Jesus Cristo durante a comemoração da Páscoa, o grupo "Vamos ler a Bíblia" foi até a BWB Embalagens e solicitou uma forma para fazer chocolate com o formato de um cordeirinho.




O resultado foi este lindo cordeirinho de chocolate, com 220 gramas de chocolate.




Nesta páscoa, quem quiser fazer chocolate para consumo próprio, para vender ou para presentear alguém, basta ligar para BWB Embalagens e solicitar as formas de chocolate números 857 e 858 que correspondem à frente e costa do cordeirinho.




A BWB também tem uma forma para pirulito de chocolate, no formato de cordeirinho, cujo número é 397.






Procure nos produtos, formas de "SILICONE", como LANÇAMENTOS.




BWB Embalagens


(19) 3868-8083


(19) 3868-8173


(19) 3868-8312




Qualquer dúvida, contactar:




Perder é lucro!


07/08/99
Curso na Igreja. Li o livro: “Ponha em ordem o seu mundo interior”, de Gordon MacDonald.

Que vida!

Fim do mundo é a globalização, a autosuficiência, a moda, a independência, o grande valor dado à ciência, e a eloquência.
Fim do mundo é “telettubies”, “proctor & gamble”, “planeta Xuxa” e “Vale do Amanhecer”.
Fim do mundo é crendice popular, medo do amanhã, do azar, e nada de vontades passar e, deixando o gosto de lado, música sertaneja, forró, samba e outros babados que nada pregam senão o sexo explícito e obstinado em todo tempo, lugar e com qualquer um.
Fim do mundo é perder o alvo de vista, mudar de pista onde a mão é dupla.
Fim do mundo é negar os próprios valores por vergonha, e ao mesmo tempo não ter vergonha de defender a mentira, a violência e a fé sem fundamento a fim de justificar os próprios atos.
Fim do mundo é o eclipse da alma, onde o engano de Satanás chega a cobrir a luz que brilha em nós. Perdemos o alvo, a direção, é o fim, o inferno.
O fim será para muitos, mas não para todos. Prá mim, resta a esperança, não por merecimento, mas tão somente por Sua misericórdia. Espero ser lavada pelo sangue do Cordeiro e, no fim, encontrar-me com Ele para um novo começo, a eternidade, o céu.
Sim, Deus, perdoa-me, eu pequei contra Teu Templo, e contra Ti. Por merecimento não posso considerar-me Tua filha. Tenho contra mim o peso do pecado, do descuido no trabalho, do medo, da ansiedade e da incompreensão. Não posso suportar o desejo de morrer...
É isso que lanço sobre Ti, na esperança de que Teus pensamentos a meu respeito me tragam uma esperança e um futuro de paz. Que mais posso eu desejar?
Eu desejo orar, aprender a Te buscar e Te amar, sempre contigo querer estar independente de toda e qualquer situação.


O meu chefe, meu pai, a igreja e até eu mesma, sufocam minha busca, mas não desejo perder de vista o doce chamado à comunhão contigo, querido Jesus!
Perdoa-me, lava-me, purifica-me, e santifica-me para a Tua obra, a fim de poder enfrentar o dia de amanhã com o ânimo, a esperança e a alegria renovados em Ti, refletindo Tua perfeita paz, Teu eterno amor e Tua divina inspiração. Em nome de meu Senhor Jesus, obrigada.

11/08/99
Senhor, ensina aquelas crianças e, se quiseres, usa-me para isso.
“Não é insensato aquele que abre mão de algo que não pode reter a fim de ganhar algo que nunca poderá perder.”

Ano novo

01/01/2000

Neste ano novo
Eu lanço uma pétala ao ar
E faço um pedido.
Visto-me de branco
Dou sete pulinhos
Cômo lentilhas
Bebo champagne
Sopro uma vela
Dou um sorriso
Namoro ao luar.
Hoje deixei todas as
Minhas superstições de lado,
Resolvi fazer tudo isso
Prá me sentir mais gente,
Mais viva, mais eu.
Não sei se vai ser
Um ano bom,
Será 2000,
Ano novo,
Vida nova,
Sem superstições,
Sem máscaras,
Sem dor.
Desejo deixar o amor,
Todo aquele que seja
Platônico, e viver,
Viver intensamente
Prá amar de verdade,
Sem pensar,
Sem titubear.
Ah, ano 2000.
És tão jovem e já
Esperam tanto de ti!
Quisera eu não ter
Te conhecido, mas,
Já que estamos aqui,
E já fomos apresentados,
Sê meu aliado,
Veste-te de preto,
Formemos um par,
E juntos enfrentemos
Todos os teus dias
Na esperança de
Torná-los cada vez
Melhores.
Mas, não depende de nós
Dois que o amanhã seja belo
Ou repugnante.
Deus é quem nos esculpe.
Ele é quem pode tornar
Teus dias inesquecíveis,
Tuas noites delirantes,
Todo o teu percurso valer a pena.
Em Jesus, caro e recente amigo,
És mais feliz, mais seguro,
Menos sofrido.
Minha esperança desejo
Depositar, não em ti,
Nem em mim (somos resultado,
Consequência, o depois),
Mas em Jesus,
O Senhor dos senhores,
Nossa realidade, o princípio,
A causa de todas as coisas.
A Ele desejo amar mais,
Servir mais, ouvir mais,
Discernir Sua vontade
(e cumprí-la),
Obedecer-lhe,
Ser-lhe imitadora,
Serva e refletora de Sua luz.
A Ele todo louvor,
E que não cessem meus lábios
De clamar e louvar
Este doce nome:
JESUS!

(By Lioness)

Medo, indecisão...


06/08/99
Ah, Pai, meu desejo agora é não estar mais aqui (na Escola Batista), onde cada problema me deixa tão desanimada e sem saída.
Eu tenho medo de enfrentar as pessoas, aqui ninguém avisa antes, só reclama depois, e eu me sinto tão mal...
Eu quero sair... sei que terei dificuldades em outra escola, mas nada parece ser pior que este lugar.
Ser quem eu sou... quem eu sou? Quando ajo da maneira que acho certo só me dou mal! Por que ninguém me ensina como fazer?
Nem o magistério prepara para uma situação dessas! Ah, Jesus, o que é que eu estou fazendo aqui?
Eu não sei o que fazer, nem em relação às crianças, nem em relação aos funcionários, muito menos aos pais. Tudo o que eles sabem fazer é cobrar, e nunca me ensinam como é que deve ser dito e nem o que deve ser omitido.
Pai, Tu sabes todas as coisas. O desejo do meu coração é arrumar emprego em outro lugar e sair daqui. Mesmo assim desejo saber qual é a Tua vontade, e realizá-la. Ensina-me, Senhor. Não és homem prá mentir, massacrar e exigir. És Deus. Não precisas de mim. Mesmo assim me amas e comigo (e em mim) queres viver. Eu me coloco diante de Ti, te entregando também o N. e seus pais em Tuas mãos.
Fiz tudo errado desde o início, e agora não sei como conviver com a hipótese dos pais tirarem o filho da escola por minha causa.
Preciso de ajuda, Paizinho, de amor, sabedoria, paciência e domínio próprio. Preciso do fruto do Teu Espírito Santo. Transforma-me, ou cairei desolada, molda-me segundo o Teu caráter e serei livre. Perdoa-me a ansiedade e o medo. Não sei mais o que fazer...
E quanto à faculdade? Presidente Prudente uma vez por mês? PUC? Tuiuti? Só o Senhor o sabes. Minha confiança é que as portas que abres ninguém fecha e as que fechas ninguém há de abrí-las.
Fala, Senhor, por Tua misericórdia, fala...

NATAL... (dez/99)

Natal é vida,
a nossa,
a de todos,
a de uns com os outros,
a de Cristo em nós.

Vida que se reflete no dia-a-dia,
No calor de um abraço,
em alegria se transforma,
e em tristeza se engrandece.
Vida que luta,
que produz perseverança,
que vence os desafios,
que nos faz permanecer juntos,
que não se rende jamais.
Vida,
longa ou passageira,
um tesouro escondido,
que só se mantém em companhia de outra vida.
É vida que gera vida,
Companhia bem escolhida,
pois vida sem amor não é vida,
é morte.
Quem não ama não vive,
existe na morte,
no perigo,
no desespero,
na dor.
Vaga à mercê das circunstâncias,
como uma onda é levada,
de lá para cá,
sem nunca prever seu descanso.
Então vida é amar,
É deixar-se guiar,
é entregar-se a outra vida numa dimensão que ultrapassa o plano físico,
é servir sem esperar nada em troca,
É amor de um ser a outro,
Em qualquer momento,
Em qualquer lugar,
sem necessariamente que se toquem,
mas de tudo se desprendam em favor do outro.
A vida é misericórdia,
Companhia,
é perdão,
passar por cima do que somos e temos,
sem deixar que as diferenças nos separem,
e não mais desejar a própria felicidade,
mas alcançá-la ao buscar a do outro.
Então natal é amor.
O amor de Deus por nós,
o amor de Cristo ao deixar toda a Sua glória para sentir a nossa dor,
para chorar qual um recém-nascido,
conhecer a fome,
o frio,
a solidão,
e poder estender-nos Sua humilde, mas poderosa mão.
Natal.
Um dia como qualquer outro,
que merece ser vivido em amor,
a exemplo de nosso querido Jesus,
sem nunca esquecer que a vida só nasce após a morte,
como o grão de trigo precisa morrer para produzir fruto,
assim Jesus nasceu, viveu e morreu a fim de termos vida com Ele,
natal,
uma vida que não acaba jamais.

(By Lioness)

Para pensar...


21/07/99
Adivinha, Jesus!
Bom, que meus pais, em plena paz e, reconciliados no amor de Cristo e um pelo outro, vivam o resto dos seus dias felizes e realizados em sua vida espiritual, emocional e física na plenitude da aliança que assumiram, sendo uma só carne.
É isso, isso que eu quero que o Senhor faça. Cura-os, Senhor Jesus, de todo medo, frustração, mágoa e idolatria, egoísmo e orgulho, autopiedade e comiseração.
É isto, por amor do Teu nome.

22/07/99
Aleluia! Obrigada, Jesus, pelo salário que recebi ontem! Isso, só o Senhor pode dar. Louvado seja o Teu magnífico nome!
Li “O diário de um mago”, de Paulo Coelho – só comprova o quanto experiências físicas refletem realidades espirituais.

24/07/99 – Seis anos de chamado missionário!

“Dois médicos franceses discutindo sobre o aborto:
- Se o senhor fosse o médico de uma família com um pai sifilíaco, em que o primeiro filho nascera cego, o segundo com uma perna só, o terceiro tuberculoso, o quarto débil mental, e cuja mãe estivesse esperando o quinto filho, o senhor faria o aborto?
- Evidente!
- Muito bem, o senhor acabou de assassinar Ludwig Van Beethoven...”

Por que é que, parece, o pai e a mãe adoram jogar um balde de água fria bem quando há tantas bênçãos e tanta alegria a ser compartilhada?
Senhor, em nome de Jesus, fortalece e ensina o A. a Te buscar de todo o seu coração e perfurar Tua autosuficiência fazendo regozijar-Te nele dando-Te prazer. Coloca Teu coração nele e faze dele uma bênção onde quer que ele esteja, por amor do Teu nome...

ALVO

Meu alvo é Deus somente...
A qualquer preço,
Amado Senhor,
Por qualquer caminho.

(Lioness)

Alguém diferente


17/07/99


Algo interessante aconteceu nesse dia, sábado de culto jovem. Eu estava na Igreja e, como sempre, tinha chegado bem antes de começar. O telefone do escritório tocou e, como eu tinha a chave, abri e atendi. Era um rapaz com um sotaque diferente, dizendo que se chamava V., era de São Paulo e que, como estava há alguns dias em Curitiba, passou e viu nossa Igreja, copiou o número do telefone do banner e estava ligando para saber os horários e programações.
Como temos, em nossa Igreja, o esquema de células homogêneas (grupos pequenos ou só de rapazes ou só de moças), depois de me apresentar fui chamar o C., que era líder de uma das células de rapazes.


18/07/99
À noite, domingo, estava eu lendo no último banco da Igreja à espera do início do culto quando vi dois pés parados à minha frente e ouvi uma voz forte e viril, sem deixar de ser doce: “Você que é a ...?”
Ao levantar os olhos deparei-me com uma visão – claro que ele era real, mas sinceramente era, fisicamente falando, tudo o que eu pedi a Deus: moreno, um sorriso cativante, simpático, e aquela voz... – Pois era V., o rapaz do dia anterior, a quem eu havia atendido pelo telefone. Ele tinha ido ao grupo do C. e enquanto estivesse em Curitiba nos visitaria. Pena que logo ele teve que partir para São Paulo, mas senti que havia ficado uma marca em mim, apesar do pouco tempo que conversamos.


Nossos corpos não devem tomar a forma deste mundo, mas serem transformados pela renovação que primeiro deve haver em nossa mente, por um novo entendimento que há em Cristo.
Só assim comprovaremos a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita em todos os seus caminhos.
Em não conformar nossos corpos a este mundo, poderemos apresentá-los a Deus como sacrifício vivo (já que não é fácil ir contra a correnteza), santo (em toda pureza) e agradável a Deus. É desta forma que o louvamos, que glorificamos Aquele que nos criou.
Obrigada, meu Pai, por me carregar e me ensinar tanto, mesmo que isso me custe a vida.
Clamo, em nome de Jesus, Teu unigênito Filho em natureza e glória, que acompanhes o A. com um zelo tal que ele chegue a sentir Tua poderosa e segura presença. Protege-o, Senhor, nos seus caminhos, em meio aos seus tios e sua prima. Unge-o de maneira miraculosa e faze resplandecer Tua luz em sua vida de maneira que, naquele lar, as trevas se vejam obrigadas a recuar, na autoridade do nome de Jesus, para a Tua glória, Deus grandioso!

Situação em 2009







Voltando do túnel do tempo - porque estou publicando minha história passada - meu marido ligou ontem.



Ele tem mantido o ritmo de ligar uma vez por semana, sondar a situação, repetir as mesmas decisões só para deixar bem claro que é que manda. Fazia tempo que não nos falávamos, já que nas últimas vezes eu só chorava e tinha crises.



Aí ele ligou, parei de lavar a louça e atendi, consciente do que viria. Quase não falei, de início. Ele fez milhares de perguntas, resumi ao máximo, para evitar que minhas emoções assumissem o controle, afinal são 4 meses de tratamento em que ele deveria estar aqui, etc...



4 meses já passaram em que um oceano nos separa, e eu pensei que não aguentaria. Ele gastou todo o dinheiro que eu nem sabia que ele tinha, viajando para Dubai, comprando e vendendo autopeças. Gastou até o que deveria ter usado para a passagem dele para cá, por isso não veio no início de março, como combinamos.



Quis me fazer mais uma lista de promessas, como sempre, e eu disse que não quero mais promessas, porque ele não consegue cumprir nada do que promete.



Ele não quis emprestar dinheiro para a passagem de vinda ao Brasil, mas emprestou dinheiro para aluguel de casa lá em Moçambique, e só quer me ligar uma vez por semana, não mais do que isso.



O que eu disse é que não quero mais essa vida. Não quero mais sofrer por causa dele. Quando ele comprar a passagem (que disse ser no mês que vem) ele ligue para meu pai dizendo o dia e a hora que chega no aeroporto e meu pai vai buscá-lo. Não quero mais falar com ele por telefone. É perda de tempo e só me machuca mais.



Não preciso ouvir que ele não quer me ligar mais do que uma vez por semana. Não preciso saber que ele gasta dinheiro com outras coisas e pessoas enquanto eu estou passando necessidade e lutando para sobreviver aqui.



Não preciso.






Quando ele chegar, aí será a hora da decisão.



Por enquanto, é só tentar ficar bem, porque Deus cuida de mim, mesmo quando todos me abandonam.






Sinto falta da minha irmã. Faz um mês que a gente não conversa e só hoje a vi.



De tudo o que ela já me acusou ela faz o mesmo. Somos feitas da mesma matéria. Somos iguais, mesmo sendo tão diferentes.



Cansei de ter que ficar cuidando com as palavras e gestos perto dela. Qualquer coisa pode ser motivo para uma cara feia, uma reprovação, um distanciamento. Sempre foi assim. Eu nunca pude ter opinião perto dela, a não ser quando a minha opinião combinava com a dela. Nos assuntos que a gente concorda a gente se dá muito bem.



Queria que independente de todas essas coisas, o amor que a gente tem uma pela outra fosse maior. Cansei de ter que sempre ir atrás.
Então, para acabar com meu dia ontem, terminar de destruir, assisti um filme que estava há tempo curiosa para ver "À prova de fogo" - dos mesmos produtores de "Desafiando os gigantes".
É de matar. Cada cena, uma emoção, um desafio, uma luta. O tema? Casamento. Tem até um livro já publicado a respeito do filme - "O desafio do amor" - lançado apenas em inglês.
Será que realmente quero continuar?

Eu não sei ser irmã. Não sei ser esposa. Não sei viver.

Meu futuro

Confiar e entregar
Meu caminho, meu andar
E só para frente olhar.
O passado esquecer
Santidade querer ter
E cada dia mais
Tua vida poder viver.

Alvos e objetivos
De lado deixar
Para Ti somente olhar
Na Tua bondade
E na Tua pessoa
E em mais nada confiar.

E agora, Senhor,
Perto do Teu calor
Desejo seguir, mesmo na dor
Adinte, para onde for
E colocar-me
A Teu inteiro dispor
E proclamar ao mundo
Teu eterno amor.

(By Lioness, novembro de 1999)

O melhor de Deus


15/07/99
Acabei me tornando minha pior inimiga!
O Senhor providenciou tudo. O dinheiro veio de todos os lados, mas a Tua vontade prevaleceu. Não abriram vagas para o curso de letras, e o tempo mostrou-se ser outro e, quem sabe, o lugar também. Louvado seja o teu glorioso nome por Tua perfeita fidelidade e Teu perdão. Obrigada pela beleza que colocaste em mim, e pelo Santo Espírito que em mim habita.
Sou Tua, sou feliz,
sem Ti não sou nada
és tudo o que eu sempre quis,
sei e sinto que Te sou amada.

Princípios na Palavra de Deus para a área de relacionamento com o sexo oposto:
Pureza interna e externa, confiança em Deus, honra à autoridade e espera no Senhor – delineiam uma forma de vida para aqueles que realmente desejam entregar esta área de suas vidas ao Senhor.
O caminho de Deus é o melhor! Decidi me guardar para o meu casamento.
Sem namorar, sei que, se algum dia eu me casar, será apenas pela ação miraculosa de Deus.

16/07/99

“Quando se entrega tudo nas mãos do Senhor, não existe falha, não tem o que dar errado!” (L.)

Petição

Tarde prá te buscar
Cedo prá desistir
As emoções inconstantes
E o desânimo chega
Sem aviso prévio,
Sem contestação.
Oh, meu Deus, protege a T.
E o seu coração
Ajuda-me a guardar o meu
De qualquer tentaçãol,
Perigo ou ilusão.
Ajuda-me a vencer
A tristeza e a depressão,
A me relacionar
Sem medo
E amar
Ardentemente
Sem esperar
Retorno
Ou satisfação.

(By Lioness, outubro de 1999)

Busca por uma chance


12/07/99
Bom, são 20h, e como na história que minha mãe contou hoje, creio que Tua principal intenção é usar aqueles que não têm possibilidade alguma de auto-glorificarem-se, inclusive usar situações onde só Tu podes agir.
Creio também que estou vivendo uma destas situações...
Depois de semanas seguidas ligando, hoje é que avisaram a mãe de que as inscrições para o vestibular da Tuiuti abriram dia 7 passado e se encerram daqui há 3 dias (dia 15 às 21h!)! A pior notícia foi o preço da inscrição: R$ 90,00!
Hoje perguntei ao pastor B. quando receberemos (a M. e eu), e ele falou algo sobre até sexta-feira, dando um relatório completo sobre o déficit financeiro da Escola. Minhas esperanças morreram depois das ‘novidades’ sobre o vestibular.
Aí liguei prá D. R. pedindo oração. Ela comentou a possibilidade de um empréstimo de parte do valor da inscrição, e tentei ligar para o A., mas não consegui encontrá-lo em casa.
Isso é o que eu chamo de uma situação difícil. Só tenho vontade de chorar, porque não posso fazer mais nada...
Senhor, hoje eu clamo, e chamo os céus e a terra por testemunhas. Tu sabes todas as coisas. Conheces tudo a meu respeito, sabes que não valho nada e que nada posso realizar. Mesmo tendo esta consciência, me chamaste e me escolheste quando eu ainda estava no ventre de minha mãe e Te deste a conhecer a mim há vários anos atrás. Me lavaste por lugares inimagináveis, conhecendo pessoas, situações e missões, aprendendo coisas que nunca passaram nem longe das que antes conhecia.
Não fora o Senhor, teria eu me acabado antes de aqui chegar.
Coloco diante de Ti esta causa, que é mais Tua do que minha, pois depende inteiramente dos planos que tens prá mim e que, sei, são de paz e não de mal, a fim de dar-me uma esperança e um futuro. Se está em Teus planos que eu curse a faculdade de letras espanhol ou letras inglês na Universidade Tuiuti a partir do ano 2000, a fim de chegar onde tens me chamado e me atraído desde que colocaste este desejo missionário em meu coração, em nome do Senhor Jesus, o Cristo, de Nazaré, levanta esses R$ 90,00 e possibilita minha inscrição até a próxima quinta feira, dia 15 de julho de 1999. Está em Tuas mãos, porque sem Ti eu nada poderei fazer. Olha em favor da Tua serva e glorifica o Teu nome como bem Te aprouver. Louvado seja o Teu santo nome.

A vida

Às vezes é preciso esperar
Prá notar que se está vivendo;
Às vezes é preciso viver
Mesmo que se deseje a morte.

A espera vale a pena
Traz muitas alegrias
Ainda que tardias.

A vida vale a pena
Quando se é vivida
Num sentido justo e verdadeiro
Sem medo da morte
Sem medo da vida
Sem medo da espera (e da própria lida).

Surpresas não existem
A vida é, em si, inesperada,
Não se prevê nada, só se vive
Esperando
Vivendo
Às vezes morrendo
Mas sempre vivendo
Até a chegada da morte
Que não é triste, é lucro,
É vida!

No fim dá tudo na mesma:
Vida por vida
Vida por morte;
Surpresas na vida
Surpresas na morte;
A espera é longa
A recompensa é certa
Mas mas escolhas...
Bem, as escolhas nem tanto!

(By Lioness, outubro de 1999)

O Ministério da Saúde Adverte:


Conforto engorda.

Ao professor

Paciência
Respeito
Orientação
Felicidade
Educação - Este é o seu caminho!
Sofrimento
Sabedoria
Obrigação
Rispidez

(By Lioness, outubro de 1999)

CANSEI!!!


07/07/99
Cansei, Paizinho, de sofrer calada, esperar sentada, desesperar angustiada...
Cansei de perder as esperanças, trabalhar de graça e ainda ouvir cobranças, só cobranças, de todos os lados.
O pai cobra tudo o que faz e paga, cobra organização, reconhecimento; o pastor/diretor da escola cobra serviço, postura, conhecimento;
A L. cobra presença;
O pastor A. cobra participação;
A mãe cobra aqui, cobra ali,...
E eu aqui, sem receber nem esperança de receber um salário que seja, sem poder responder, sem lembrar o que fazer, a chorar, a esperar, a desesperar...
Ah, e aquelas crianças...o que dá prá passar a elas? Como ensiná-las a ler? O magistério é um pedaço de papel que de nada me serve agora, apenas uma coisa a mais para o Pr. B. (diretor da escola) vir a cobrar.
Aí meu quarto aparece virado, o pai desmontou o guarda roupa e montou outro. Mudaram os outros móveis de lugar, tudo o mais foi tirado (apostilas, livros, fitas, roupas, bichos de pelúcia, papéis, trabalhos, cadernos, pastas, cartazes, caixas, jogos, remédios, etc.) e empilhado no chão do corredor, fora do quarto.
Eu chego cansada, toda dolorida (inclusive a cabeça) e cheirando a xixi (uma criança “premiada” sentou no meu colo). Fico chateada com a bagunça, a confusão, tento elogiar mas, só porque não consegui disfarçar, sou taxada de ingrata, desaforada e ainda ouço de quebra que não sou organizada. O pai e a mãe resolvem mandar no pedaço, e eu tenho vontade de sumir.
Chorei, a mãe veio perguntar o porquê, mas não quis desabafar. Definitivamente, ela não saberia me ouvir como amiga, só como mãe, e de mais cobranças acho que não preciso.
Jesus, eu sei que sou uma burra, que não mereço Tua misericórdia, mas estou me sentindo tão mal...
É exatamente o que me disseste hoje pela manhã; Tu sabes todas as coisas, louvado seja o Teu verdadeiro nome.

Salvação

A luz brilhou
Fui salva
Do poder da morte
Da sombra
E da escuridão;
Fui liberta
O sol raiou
E minh’alma antes cansada
Agora vive renovada.

Onde está o choro de tristeza e dor?
O sono veio
O pesar se foi,
Fui perdoada,
Justificada
Por Aquele que não morre jamais,
Que sofreu mais do que eu
E venceu.

Estou limpa, e viva
Cicatrizada,
E desejo o céu;
Volto a viver,
Volto a sentir,
Anestesiada,
Aguardando,
Ansiando,
A chegada de um Reino,
O Reino de Deus.

Sou amada
E desejo amar
E viver (ou morrer)
Somente Àquele
Por quem fui chamada.

(By Lioness, outubro de 1999)

Confronto com minhas limitações


02/07/99
Pai, tem misericórdia de mim, este trabalho está-me parecendo um desafio maior do que o esperado, e não vejo como o possa suportar.
Tu me conheces melhor do que eu a mim, e sabes realmente qual o meu limite, por amor do Teu nome, glorifica-o através da minha vida, na Escola Batista, em meio àquelas crianças.
Dá-me criatividade, disciplina e sabedoria do alto para dominar, entreter e ensinar cada criança, em nome de Jesus, meu Salvador e Senhor.
Ensina-me, Pai, pois não sei o que fazer. Ajuda-me, por Tua infinita misericórdia e Teu supremo amor. Socorre-me nesta colônia de férias, ou não poderei aguentar pacientemente... És a minha esperança, em Ti confio!
Ah, Paizinho, muito obrigada, obrigada mesmo, pelo dia gratificante com as crianças.
Aleluia! És fiel! Louvado seja o Teu majestoso nome!


04/07/99
Deus de misericórdias, pequei, e não tenho desculpas para justificar-me. Perdoa-me, Criador, pois não me formaste para tal fim, antes deste-me um pensar, um escolher acima de meus instintos, e um propósito definidamente santo em glorificar-Te para o resto dos meus dias. Cristo, o Filho de Davi, supremo Senhor ressurreto, derramou o sangue da nova aliança, ao qual agora clamo para a minha justificação.
És Senhor, sou limitada, és Rei, sou serva, és Pai, sou filha desobediente e cheia de contradições.
Louvado seja o Teu magnífico nome sobre toda a terra. Que os povos, nações, raças e línguas Te louvem perpetuamente. Que toda a terra se encha do conhecimento da glória do Senhor tanto como as águas cobrem o mar.
Que o Teu Espírito Santo de glória e de poder clame e transforme definitivamente o coração do meu pai. Dá-lhe um novo sentido, ânimo e um reconhecimento novo da Tua vontade e ação sobre a sua vida. Que a mãe seja completamente saciada da Tua justiça, do Teu amor, da Tua Palavra.
Leva, Senhor, o R. e a . para um caminho de amor e aceitação mútua, segundo a Tua Palavra que é eterna. Dá-Te a conhecer à G. de maneira que, quando crescer, não se desvie do Teu conhecimento.
Renova a Igreja Evangélica M.S.. Fortalece, Senhor, o Pr. A. e toda a liderança. Dá-lhes um coração atento ao primeiro amor e à Tua vontade expressa, principalmente, na Tua Palavra. Que barreiras se quebrem, picuinhas se desfaçam, e prossigamos para o alvo, o qual estabeleceste para este corpo local.
Tudo o que sou, tudo o que tenho, tudo o que posso fazer, que as palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam sempre agradáveis na Tua presença, oh, Senhor.