terça-feira, 16 de junho de 2009

Vestibular 2000


05/01/00
Senhor, muito obrigada pelas provas e a redação de ontem. Apesar de não ter certeza se “zerei” em alguma matéria, tenho a impressão que não.
Obrigada também pela resposta mais do que direta a respeito da (não) compra dos livros, e dos constantes avisos do Teu Santo Espírito em meu espírito.
És tão fiel! Estiveste comigo, como prometeste, em todo o tempo. Obrigada!
Peço-Te pelas provas de hoje (literatura, física, química e geografia), que não são nem um pouco fáceis, mas que Teu Espírito Santo, em nome de Jesus, possa vir a me lembrar de fórmulas, reações, nomes e movimentos dantes nunca utilizados em minha mente, por amor de Ti mesmo e por Tua infinita misericórdia.
Louvado seja o Teu Santo nome. Sei que não serei envergonhada, apenas cumprirei Tua vontade, na PUC ou em qualquer outro lugar, para a glória do Teu nome.
Fala, Paizinho, Tua serva necessita de respostas e de palavras provenientes da Ta boca.
Fala, Senhor, eis-me aqui.


06/01/00
Pai Eterno, muito obrigada pelo gabarito das provas do primeiro dia, onde pude ver que não “zerei” em nenhuma das quatro disciplinas: história, biologia, matemática e inglês. Até me surpreendi com inglês!
Minha preocupação, Tu o sabes, está nas provas de física e química de ontem, principalmente química. Também hoje o desafio (não menos perigoso) está lançado: prova de conhecimento específico de português, literatura brasileira e história. Tudo é tão cheio de detalhes que assusta e confunde qualquer um.
Tem misericórdia da Tua serva, meu Senhor. Sei que não entrarei na PUC caso esta não seja a Tua vontade, nem que eu tenha o dinheiro para “comprar” uma vaga lá.
Entrego-Te as provas de hoje em Tuas mãos. Creio que Teu Espírito Santo tem me guiado e me trazido à memória aquilo que é necessário, a seu tempo. Obrigada por estares sempre a meu lado. Permanece, Senhor, comigo.
Obrigada MESMO pelo histórico do CLM de 98, as médias e a nota do projeto final. És MARAVILHOSO! Muito obrigada!
Que o Teu nome seja glorificado na minha vida ou na minha morte, no sucesso ou no meu fracasso, em nome de Jesus, o Senhor, para realizar somente a Tua vontade.
E aí, Paizinho?! Fala, Senhor, Tua serva ouve.
A história acontece não para o deleite dos filhos de Deus, mas para cumprir os propósitos eternos de um Deus que tudo sabe e tudo vê, mas que não deixa de amar e cuidar dos que amam e temem o Seu Santo nome.

2 comentários:

Sinnaia disse...

Oi, vc não sabe quem sou mas de vez em quando dou uma passadinha por aqui, gosto da sua coragem....eu estava lendo sua postagem de ontem e fiquei bege (rsrsrs), eu tenho 34 anos e sou casada com um rapaz de 25, a gente se da bem (apesar das constantes brigas) e eu não imagino um casamento de longe, onde não há contato físico (não é sexo, mas aquela coisa de se estar por perto) isto é muito importante. Neste momento da minha vida eu sou Espírita, e dia destes tava lendo um livro do Dr. Inácio Ferreira (um psiquiatra que desencarnou em Uberaba) e em uma entrevista com uma paciente na espiritualidade(pra quem não acredita é dificil de imaginar)ela estava triste que seu companheiro (depois dos dois desencarnados) queria se separar, mas ela já havia se "acostumado" com a presença dele e que era "pecado" se separar, mas ele respondeu na maior calma que Deus não criou seus filhos para o sofrimento, nós (crianças teimosas que somos) é que achamos mais comodo sofrer e viver uma vida de aparencias do que "chutar o balde" e mandar todo mundo de fu...e vivermos de uma maneira em que fiquemos felizes, sem nos preocuparmos com a opinão alheia, porque a única opinião que importa é a nossa...fique com Deus...beijos
se quiser conversar me mande um e-mail sinnaia@yahoo.com.br, conversar com uma pessoa estranha as vezes ajuda...

dona perfeitinha disse...

Como é bom agradecer a Deus todos os dias.
Um beijo pra você,
Talita.

Vestibular 2000


05/01/00
Senhor, muito obrigada pelas provas e a redação de ontem. Apesar de não ter certeza se “zerei” em alguma matéria, tenho a impressão que não.
Obrigada também pela resposta mais do que direta a respeito da (não) compra dos livros, e dos constantes avisos do Teu Santo Espírito em meu espírito.
És tão fiel! Estiveste comigo, como prometeste, em todo o tempo. Obrigada!
Peço-Te pelas provas de hoje (literatura, física, química e geografia), que não são nem um pouco fáceis, mas que Teu Espírito Santo, em nome de Jesus, possa vir a me lembrar de fórmulas, reações, nomes e movimentos dantes nunca utilizados em minha mente, por amor de Ti mesmo e por Tua infinita misericórdia.
Louvado seja o Teu Santo nome. Sei que não serei envergonhada, apenas cumprirei Tua vontade, na PUC ou em qualquer outro lugar, para a glória do Teu nome.
Fala, Paizinho, Tua serva necessita de respostas e de palavras provenientes da Ta boca.
Fala, Senhor, eis-me aqui.


06/01/00
Pai Eterno, muito obrigada pelo gabarito das provas do primeiro dia, onde pude ver que não “zerei” em nenhuma das quatro disciplinas: história, biologia, matemática e inglês. Até me surpreendi com inglês!
Minha preocupação, Tu o sabes, está nas provas de física e química de ontem, principalmente química. Também hoje o desafio (não menos perigoso) está lançado: prova de conhecimento específico de português, literatura brasileira e história. Tudo é tão cheio de detalhes que assusta e confunde qualquer um.
Tem misericórdia da Tua serva, meu Senhor. Sei que não entrarei na PUC caso esta não seja a Tua vontade, nem que eu tenha o dinheiro para “comprar” uma vaga lá.
Entrego-Te as provas de hoje em Tuas mãos. Creio que Teu Espírito Santo tem me guiado e me trazido à memória aquilo que é necessário, a seu tempo. Obrigada por estares sempre a meu lado. Permanece, Senhor, comigo.
Obrigada MESMO pelo histórico do CLM de 98, as médias e a nota do projeto final. És MARAVILHOSO! Muito obrigada!
Que o Teu nome seja glorificado na minha vida ou na minha morte, no sucesso ou no meu fracasso, em nome de Jesus, o Senhor, para realizar somente a Tua vontade.
E aí, Paizinho?! Fala, Senhor, Tua serva ouve.
A história acontece não para o deleite dos filhos de Deus, mas para cumprir os propósitos eternos de um Deus que tudo sabe e tudo vê, mas que não deixa de amar e cuidar dos que amam e temem o Seu Santo nome.