Jornalista Sandra Terena questiona Justiça brasileira sobre infanticídio