quarta-feira, 25 de abril de 2012

Tarefa Inacabada

Eu não passo de uma tarefa inacabada
quadro meio pintado
página meio virada.

Sou carro que parou no meio da estrada
toque quase sentido
pele ainda não bronzeada.

Estrofe da música não toda cantada
curso interrompido
a bala na arma emperrada.

Casamento que acaba e não dá em nada
emprego que satura
comida entalada.

É uma pia cheia de louça por lavar
uma prova meio feita
viagem que fiz mas não pude ficar.

Não passo de uma tarefa inacabada.
Vontade de desistir
Coisas por fazer, coisas prá falar.

Casas onde vivi mas não consegui permanecer
amizades perdidas
igreja que não aceitou me receber.

Carteira de motorista vencida
contas que não consigo pagar
visão parcial da vida.

Parei no espaço e no tempo
série que deixei de baixar e assistir
vontade de lançar tudo ao vento
e me deixar por inteiro sucumbir.

(Angela Natel - 25/04/2012)

Um comentário:

Jose Sergio disse...

Posso copiar rsrs

Tarefa Inacabada

Eu não passo de uma tarefa inacabada
quadro meio pintado
página meio virada.

Sou carro que parou no meio da estrada
toque quase sentido
pele ainda não bronzeada.

Estrofe da música não toda cantada
curso interrompido
a bala na arma emperrada.

Casamento que acaba e não dá em nada
emprego que satura
comida entalada.

É uma pia cheia de louça por lavar
uma prova meio feita
viagem que fiz mas não pude ficar.

Não passo de uma tarefa inacabada.
Vontade de desistir
Coisas por fazer, coisas prá falar.

Casas onde vivi mas não consegui permanecer
amizades perdidas
igreja que não aceitou me receber.

Carteira de motorista vencida
contas que não consigo pagar
visão parcial da vida.

Parei no espaço e no tempo
série que deixei de baixar e assistir
vontade de lançar tudo ao vento
e me deixar por inteiro sucumbir.

(Angela Natel - 25/04/2012)