Carta aberta sobre o infanticídio indígena